HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

ONGS
Estudante de design ajuda ONG Patas Dadas a encontrar novos lares para animais 29/08/2014 às 18:09:48
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Uma estudante de design tem ajudado a ONG Patas Dadas a encontrar novos lares para animais resgatados do abandono e abrigados pela instituição. Através de imagens criativas e vivas, a página do Facebook da ONG conquistou 147 mil curtidas. A parceria foi possível graças a colaboração do projeto Amizade Não Se Compra e do fotógrafo Rodrigo Bragaglia.

Projeto Patas Dadas

O projeto Patas Dadas surgiu em 2009 em resposta a cerca de 10 assassinatos de cães na UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Criado por 5 estudantes apenas contavam com um pequeno canil por eles construído no interior da universidade. Em 2011 o projeto foi reconhecido pela Universidade sendo intitulado então Ação de Extensão da UFRGS, embora não receba apoio financeiro do estabelecimento.

“Acho incrível a ação voluntária e o sentimento de querer ajudar de todos os integrantes. Depois que visitei o canil em um dia de mutirão, nunca mais quis ir embora, a vibe é muito boa, o Patas é uma família que cresce cada dia mais”, afirma Karine Klaine, membro da ONG, que começou como voluntária.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Hoje o Patas Dadas comemora o 5º aniversário, conta com mais de 100 voluntários divididos em diferentes tarefas, mais de 500 animais já foram adotados através do projeto e outros 80 aguardam adoção sob sua responsabilidade. O projeto também desenvolveu o apadrinhamento para direcionar as doações e apoios financeiros de forma organizada, facilitando ao público que gosta de ajudar, mas gosta de saber exatamente para onde essa ajuda vai.

A futura designer diz que sempre que pode ajuda outros projetos e protetores. Enquanto estudava na UFPel também fotografava e fazia artes para os cães que aguardavam adoção no Hospital Veterinário, conseguindo lar para alguns através da divulgação. “Uma boa apresentação faz alguém conseguir um emprego, acontece o mesmo com cães que buscam um lar”, resume.

 

 

Por: Karine Klaine

Fonte: (http://www.anda.jor.br/)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Mastim napolitano: Saiba tudo sobre essa raça
03/10/2018 às 22:20:29

Raiva ameaça 170 mil cães e gatos em BH; baixa cobertura vacinal obriga PBH a estender campanha
03/10/2018 às 22:04:29

Pet hotel e sócios são condenados a indenizar família por fuga e desaparecimento de cães
03/10/2018 às 22:00:20

As cadelas podem ter mastite?
02/10/2018 às 22:40:44


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco