HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    Rede Aleluia cachorro_mexendo_rabo_1

VIDA SAUDÁVEL
O que levar para o passeio quando seu cão o acompanha na atividade física? 14/02/2017 às 21:00:38

Todo mundo sabe da importância do passeio diário com o cão e da prática de exercícios físicos. Mas quando saímos para passear, temos que considerar não apenas as nossas necessidades, mas também as do animal.

Desfrutando juntos o passeio do seu cão

Uma simples caminhada é uma ótima maneira de curtir a companhia de seu animal de estimação e demonstrar afeto por ele em outros lugaresCrie uma rotina de atividades físicas e aproveite-a. Isso trará benefícios para a sua saúde e evitará que o sedentarismo cause doenças.

Os caninos, assim como os seres humanos, também precisam praticar atividades físicas regularmente. Em muitas ocasiões, os hábitos sedentários dos proprietários podem afetar o rendimento dos animais.

Da mesma forma que nós humanos não gostamos de ir sempre ao mesmo lugar, preferindo ambientes diferentes de vez em quando, nosso amigo peludo também.

 

É importante criar uma rotina de esportes ou brincadeiras, de acordo com as características da raça do animal. As diferenças entre as raças podem interferir diretamente na capacidade atlética dos cães.

exercício cão

Alguns conselhos importantes

  • É fundamental que o nosso programa de exercícios seja colocado em prática em locais abertos. Procure ambientes livres de veículos para que não haja nenhum acidente. Parques com grandes zonas verdes onde o cão se sinta cercado pela natureza e possa correr livremente são ótimas opções.
  • Podemos levar brinquedos para que nosso amigo peludo se divirta, desde que sejam objetos que não possam ser rompidos ou quebrados.  Isso evitará que o cão coma itens indesejados e seja necessário consultar um veterinário.
  • Não esqueça de levar água fresca. Se o dia foi muito movimentado e a temperatura está alta, uma boa dose de água ajudará o animal a se refrescar um pouco. Não só para beber, mas também para molhar o rosto e o corpo dele.
  • Em dias mais quentes, é recomendável evitar longas jornadas de exercícios. O calor excessivo pode causar intermação e afetar a vida do paciente. O ideal é fazer pausas durante alguns minutos para recuperar as forças, hidratar-se e relaxar.
  • Para saber qual a quantidade de água que o animal deverá consumir, um bom truque é levar entre 50 a 100 mililitros de água diários para cada quilograma de peso. Se o cão pesa 20 quilos, por exemplo, tomará entre meio litro e 1 litro de água ao dia.
  • Ainda com relação à água, algumas precações são necessárias. Ao finalizar a atividade física, ofereça água ao cão, mas tenha cuidado para que ele não tome muito líquido em pouco tempo. Assim você evita a distensão abdominal.
  • Mais dicas para o passeio de seu cão

    Você também pode verificar a hidratação do seu cão observando as gengivas. Tenha cuidado para não deixá-lo nervoso. Se elas estão molhadas, então o seu pet está ingerindo água em quantidade suficiente. Mas se estiverem secas e opacas, certifique-se de que ele beba mais líquido.

    • Uma ótima ideia é dar ao seu cão algumas pedras de gelo e, em seguida, deixar uma tigela com água para que ele possa beber quando sentir sede. Para ter certeza de que ele está hidratado, pegue um pouco da pele atrás do pescoço, usando o polegar e o indicador e sem fazer força para não causar dor ao animal. Estique-a e solte-a. Se o seu peludo estiver hidratado, a pele voltará rapidamente ao seu lugar.
    • Para recolher as fezes do seu mascote, tenha sempre em mãos sacolinhas plásticas. A prática de atividades físicas pode fazer com que o aparelho digestivo do animal seja estimulado.
    • Alguns cães precisam usar protetor solar em dias muito quentes. Caso o seu peludo seja um desses, consulte um veterinário
    • O sol pode ser muito perigoso, principalmente se o animal tem pelo curto. Quando você raspa a pelagem dele, a pele fica exposta aos raios de sol. Os pelos atuam como uma barreira protetora contra os raios ultravioletas. A pele raspada é muito mais vulnerável ás queimaduras solares. O mais recomendável é não tosar completamente o animal, deixando o pelo com comprimento suficiente para protegê-lo da radiação solar.

 

 

 

 

 

Fonte: (Meus Animais)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Mastim napolitano: Saiba tudo sobre essa raça
03/10/2018 às 22:20:29

Raiva ameaça 170 mil cães e gatos em BH; baixa cobertura vacinal obriga PBH a estender campanha
03/10/2018 às 22:04:29

Pet hotel e sócios são condenados a indenizar família por fuga e desaparecimento de cães
03/10/2018 às 22:00:20

As cadelas podem ter mastite?
02/10/2018 às 22:40:44


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco