HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    Anuncie

PARASITAS
Protozoários 28/03/2014 às 13:07:45

Os protozoários são organismos eucariontes, unicelulares, quimio-heterotróficos e podem ser de vida livre ou fazer parte de colônias. Pelas suas peculiaridades não puderam ser encaixados em nenhum dos reinos pré-existentes, fundando um novo reino denominado Reino Protista.

Eles vivem em meio aquoso, ou seja, são encontrados na água ou em algum líquido, o que torna sua sobrevivência no organismo animal facilitada, já que o mesmo é composto em aproximadamente 70% do seu volume de água, tendo sua instalação mais intensa no trato digestório e sangue, podendo, em menor quantidade, se instalar no sistema genital, linfático, coração e pele. Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, algumas espécies são benéficas ao organismo como os existentes na flora natural de ruminantes auxiliando na digestão da celulose.

Porém, a grande maioria e mais conhecida, são os causadores de doenças, sendo alguns de seus principais representantes, hoje, na medicina veterinária:

  • Entamoeba histolytica – conhecida como Amebíase, a doença provoca diarreia ou disenteria intermitente e acomete principalmente cães e gatos;
  • Babesia canis - conhecida como Babesiose canina, a doença provoca uma anemia severa, pois ataca diretamente as hemáceas, causando também hemoglobinúria, mucosas amareladas e fadiga. Esta é transmitida pela picada do carrapato infectado;
  • Babesia caballi - conhecida como Nutaliose, a doença acomete equinos tem os mesmos sinais e sintomas da babesiose canina e também é transmitida pela picada de carrapatos;
  • Giárdia lambria – conhecida como Giardíase, a doença provoca diarreia com coloração esbranquiçada e forte odor, além de dores abdominais. Acomete principalmente animais de pequeno porte jovens e é transmitida pela ingestão de água contaminada;
  • Toxoplasma Gondii - conhecida como Toxoplasmose, a doença tem como seu principal reservatório os gatos, causando-lhes sintomas nos sistemas pulmonar, hepático, nervoso, ocular e pancreático. Pode acometer também cães causando distúrbios neuromusculares, gastrointestinais e respiratórios;
  • Trypanossoma evansi - conhecida como Mal das cadeiras, a doença é quase que excluviva de equinos, porém já foram relatados casos em cães, lobos e raposas e apresenta anemia progressiva, aumento de linfonodos, baço e em alguns casos fígado;
  • Leishmania – conhecida como Leishmaniose, é uma perigosa zoonose que acomete cães, transmitida pela picada de um mosquito infectado. Esta apresenta sintomas específicos com suas duas formas, a Visceral e Calazar;
  • Elimeria – conhecida como Eimeriose ou Diarreia vermelha, a doença acomete o epitélio digestivo de aves e ruminantes;
  • Crytosporidium parvum – conhecida como Criptosporidiose, a doença apresenta diarreia severa em cães, podendo levar à morte e acomete também gatos, geralmente de forma assintomática.

Devido à tantas formas de doenças que podem acometer animais de diversas espécies é que se faz crucial o controle com medicamentos antiparasitários, além de uma observação diária do comportamento dos mesmos para diagnósticos e tratamentos mais específicos.

Por: Stéfany Dias – Revista Veterinária

Fonte: (http://www.revistaveterinaria.com.br/)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Quatro raças de raposa que você deve conhecer
15/06/2018 às 22:14:23

A raposa é perigosa: verdade ou mito?
15/06/2018 às 22:12:22

CCZ de São Paulo cria site para divulgar animais que estão há tempos em fila de adoção
15/06/2018 às 22:10:35

Você conhece a peritonite? Saiba como a doença afeta os gatos
14/06/2018 às 21:15:34


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco