HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    Rede Aleluia

PARASITAS
Sarna (Escabiose) 28/03/2014 às 13:18:19

ESCABIOSE

Nomes populares:

Sarna, sarna norueguesa escabiose.

O que é?

Doença de pele contagiosa causada por um ácaro chamado Sarcoptes scabiei.

Como se adquire?

É transmitida pelo contato direto entre pessoas, pelo compartilhamento de roupas, roupas de cama ou por relações sexuais. É comum em ambientes lotados e pouco higiênicos, como cadeias e zonas de baixo meretrício.

Pode ser considerada uma DST, pois boa parte das transmissões ocorre em relações sexuais. A transmissão através de outros contatos físicos não-sexuais (como um aperto de mão ou um abraço) é bem mais rara, embora seja possível. A doença também é bastante transmitida entre mãe e filho lactante.

O ácaro é capaz de perfurar e penetrar a pele em questão de minutos. Isso leva a uma coceira intensa, associada a lesões de pele causadas pela penetração do ácaro e pelas coçaduras.

Às lesões, seguem-se infecções secundárias que podem ser graves, especialmente em pacientes portadores de HIV ou outras doenças imunológicas. As áreas preferenciais de infecção são os punhos, as axilas, o ventre, as nádegas, os seios e os órgãos genitais masculinos.

O que se sente?

Sente-se coceira intensa e aparecem lesões de pele causadas pela penetração do ácaro e pelas coçaduras. As áreas preferenciais são os punhos, as axilas, a barriga, as nádegas, os seios e os órgãos genitais masculinos. Em crianças e idosos, pode acometer em palma e planta dos pés, além do couro cabeludo.

Diagnóstico

Pela visualização das lesões e sua localização.

Como se previne?

Embora os ácaros morram facilmente, as lesões e infecções secundárias podem demorar para ser curadas, o paciente deve tomar cuidado para evitar reinfestações: suas roupas devem ser esterilizadas, e todos os membros de seu círculo social (como parentes, companheiros de cela e parceiros sexuais) devem ser tratados de modo similar - e mais importante, de modo simultâneo. É por conta das reinfestações que há dificuldade em erradicar a sarna de presídios.

Sarna canina

A sarna canina não é transmissível ao ser humano, pois é causada por um outro tipo de ácaro. Quando um ser humano é mordido pelo ácaro da sarna canina, pode até sentir alguma coceira, mas é transitória, ao contrário da sarna humana, que se deixada sem tratamento, só piora

A escabiose ocorre em qualquer lugar do mundo e está diretamente associada a hábitos de higiene. É freqüente em aglomerados populacionais.

A prevenção da transmissão é feita por tratamento adequado, higiene das roupas, afastar a pessoa da escola ou trabalho até um dia após o término do tratamento. No caso de pessoa hospitalizada, é recomendado isolamento por até dois dias após o início do tratamento.

 

 

Fonte: (http://www.abcdasaude.com.br/)

 






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
BH terá 357 postos abertos neste sábado para vacinação antirrábica; confira os locais
19/09/2018 às 20:39:23

Operação de proteção da mata atlântica termina com dois presos e mais de R$ 5 mi em multas em Minas
17/09/2018 às 22:01:12

9º Encontro de Cães e Criadores acontece em Itabira, MG
17/09/2018 às 21:35:49

Todo sobre a fauna siberiana
11/09/2018 às 22:45:24


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco