HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

ANIMAIS
Filhote de onça resgatada em MT está em centro de triagem 27/05/2016 às 22:10:33
onca.jpg

 

Um filhote de onça-parda, com aproximadamente 70 dias de vida, resgatado na região noroeste do estado, foi trazido no início deste mês pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente para o centro de triagem do órgão ambiental. O animal foi encontrado em estado de saúde gravíssimo, por um morador de Juara (a 656 km a noroeste de Cuiabá), em uma área urbana da cidade.  A suspeita é de que a mãe do filhote tenha sido morta por caçadores.

Segundo a coordenadora de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema, Danny Moraes, o morador encontrou a onça no mês  de março e de imediato entrou em contato com a secretaria para saber os procedimentos a serem tomados. O animal chegou à Sema no dia 6 de maio. “A onça estava à beira da morte, sem condição de ser transportada até Cuiabá. Caso fosse, na época, poderia chegar morta”, esclareceu Danny. 

E para evitar essa fatalidade, Leandro Riguete, dono de um escritório de compra de gado de Juara, resolveu custear o tratamento veterinário do filhote até que ela estivesse habilitada para o traslado. “Encontrei a onça muito assustada e brava. Precisei passar a noite com ela no veterinário. Na hora pensei que ela fosse morrer, mas sobreviveu graças à Deus”.

Após dois meses, a onça estava pronta para seguir viagem. Leandro então levou o filhote até a unidade regional da Sema do município de Sinop e Danny trouxe a onça para continuar com o tratamento no hospital veterinário da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), para tratar de uma anemia. No momento, o animal está no centro de triagem da Sema no Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), em Várzea Grande, e deve ser encaminhado na próxima semana para o Instituto Mata Ciliar, em Jundiaí (SP).

Segundo Danny, o instituto possui uma metodologia de criadouro conservacionista. Ela explica que ao chegar em Jundiaí, o filhote vai formar par com outra onça macho resgatada no Pará. “Lá ela vai passar por um processo de reintrodução na natureza, porque no momento a onça não possui as características de um animal silvestre. Ela é dócil, está domesticada e precisar desenvolver seu sistema de caça e defesa para viver conforme sua espécie”. Além do filhote de onça, vão também para o instituto de Jundiaí duas jaguatiricas e dois gatos mouriscos que também estão no Batalhão Ambiental aguardando a mudança para o novo lar.

Doações

O Instituto Nacional de Educação Para Defesa e Preservação do Meio Ambiente de Cuiabá (Indeppa) doou para Sema cinco caixas adequadas para o transporte dos animais até Jundiai. “É bom poder contar com a ajuda de instituições como esta que trabalha pela conservação dos animais. Agrademos profundamente a contribuição que representa uma economia de quase quatro mil reais”, informou a coordenadora de Fauna da Sema.

Balanço de soltura

De 1º de janeiro a março deste ano, cerca de 300 animais foram acolhidos pelo Centro de Triagem da Sema, dos quais 96 já foram soltos, restando cerca de 160 animais na unidade. Entre eles, estão macacos, várias espécies de aves (arara, falcão, gavião, etc), serpentes e felinos (jaguatirica). Em 2015, o espaço recebeu 729 animais, desses, 583 foram soltos.

Denúncias

Embora neste caso o comerciante tenha feito o resgate do filhote, a Sema orienta que quem presenciar atropelamentos ou outras situações como esta, de abandono, tenha cuidado. Alguns animais silvestres oferecem riscos, especialmente quando machucados. Para outras informações ou mesmo resgate, a Sema orienta ligar para o número 190 da Polícia Militar. Em caso de dúvida, entre em contato na Coordenadoria de Fauna: (65) 3613-7291.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: (Folha Max)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Uso do xampu seco em cães
21/07/2018 às 18:55:07

Diagnóstico e prevenção de borreliose
21/07/2018 às 18:52:52

Otterhound ou cão de lontra: saiba mais sobre esse cão
21/07/2018 às 18:49:54

Deputados derrubam veto do governador e testes de cosméticos em animais são proibidos em Minas
17/07/2018 às 20:05:55


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco