HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

ZOONOSES
Brucelose 28/03/2014 às 14:18:55

A brucelose canina é uma doença infecciosa de característica zoonótica, transmitida por cães e canídeos silvestres. 

Em alguns casos a infecção pode passar despercebida pelo proprietário dos animais por ser assintomática. Dessa forma, há risco de transmissão da doença para outros animais e até para o ser humano. 

A maioria das infecções ocorre em canis onde não se faz a correta prevenção nos animais. Principalmente os exemplares de reprodução devem ser testados antes da cruza ou inseminação artificial. Animais errantes também devem ser submetidos ao exame visando ao controle da doença.

A brucelose canina é transmitida por via sexual, oral ou através do contato com secreções contaminadas. É caracterizada principalmente por abortos no terço final da gestação em fêmeas e epididimite, prostatite, atrofia de testículo, infertilidade e orquite nos machos, que em alguns casos também podem apresentar dermatite em bolsa escrotal. É comum o desenvolvimento de linfoadenopatia localizada ou generalizada em animais infectados. 

Nas primeiras quatro semanas da infecção pode ocorrer, nos testes sorológicos que analisam anticorpos, um resultado falso negativo mesmo que o animal apresente bacteremia nos primeiros quinze dias de infecção. Isso se dá porque ainda não houve tempo para ocorrer a produção de anticorpos contra a Brucella canis, sendo importante testar novamente os animais suspeitos.

O Provet disponibiliza exames para brucelose canina através da técnica de ELISA, que possui alta sensibilidade e é utilizada mundialmente como teste de triagem e diagnóstico. O exame pesquisa anticorpos IgG (anticorpos específicos) para Brucella canis. 

Em casos de sorologia positiva, não se deve condenar um animal. É importante conciliar a sintomatologia clínica com outros métodos diagnósticos, como a hemocultura para a brucelose, o teste de Imunodifusão em Agar Gel (AGID) e a repetição dos testes com intervalo de no mínimo 30 dias.

 

 

Por: Ricardo Duarte Lopes - Médico Veterinário

Fonte: (www.provet.com.br)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Outubro Rosa Pet: gatas e cadelas terão atendimento gratuito em BH e Betim
24/10/2018 às 19:20:35

Mastim napolitano: Saiba tudo sobre essa raça
03/10/2018 às 22:20:29

Raiva ameaça 170 mil cães e gatos em BH; baixa cobertura vacinal obriga PBH a estender campanha
03/10/2018 às 22:04:29

Pet hotel e sócios são condenados a indenizar família por fuga e desaparecimento de cães
03/10/2018 às 22:00:20


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco