HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

GERIATRIA
Programa de Geriatria Animal 02/04/2014 às 20:40:10

Programa  de Geriatria Animal
 

    Quando os animais de estimação atingem uma certa idade, passam a necessitar de cuidados especiais, para que a expectativa de vida seja ampliada, com o animal continuando com a saúde e o bem-estar preservados.
    Para atender a todas as suas necessidades, é oportuno oferecer um completo programa geriátrico. Faça um levantamento no cadastro de clientes e identifique os cães em idade pré-geriátrica e os idosos. Envie uma informação sobre o programa geriátrico aos proprietários.
    Seja proativo. Surpreenda. Demonstre interesse pela saúde dos seus pacientes. Os seus clientes vão agradecer por isso.


    Temos recomendado a adoção de programas de saúde (não confundir com plano de saúde) como uma maneira interessante de dar uma melhor abrangência aos cuidados médicos a serem oferecidos aos animais de estimação. O programa geriátrico, objetiva oferecer o que efetivamente o animal vai precisar para manter a saúde e o bem-estar, com reflexo positivo na percepção do proprietário; quanto à clínica e o médico-veterinário fica a certeza de que está prestando um serviço de excelência, diferenciando-se da concorrência, e que se soma à satisfação profissional, por estar praticando medicina veterinária de alto nível.
    O programa geriátrico contempla um formato standard, com diferentes itens. No entanto, não deve ser um “enlatado” ou “pacote”, porque um cão tem necessidades específicas, dependendo da raça, idade, estilo de vida, assistência veterinária de que foi alvo até então. Portanto, após definir o escopo do programa, você deve adaptar às necessidades de cada paciente. Serão programas individuais. Diga isso aos seus clientes.

Desenvolva o programa geriátrico

    Clientes esperam um alto nível de atendimento. 75% dos proprietários de cães idosos, acreditam que seu animal de estimação precisa de acompanhamento médico-veterinário, inclusive alguns exames periódicos. Creem que prevenir é melhor e mais barato do que tratar (custo financeiro + custo emocional). Devidamente orientados estariam dispostos a proporcionar exames clínicos regulares, diagnóstico, orientação nutricional, medicações, exames complementares, alterações no estilo de vida e até cirurgia, visando a aumentar o período de vida do animal, mantendo-o saudável e diminuindo ou retardando a ocorrência de dor, desconforto; enfim, atuando para que o bem-estar do animal seja preservado. Conscientize seus clientes de que a doença diagnosticada precocemente e seu tratamento adequado ajudam a prolongar a expectativa de vida dos pacientes ou fazer com que se sintam melhor por mais tempo. Converse com seus clientes.

Vendendo o programa geriátrico

    Ninguém compra o que não conhece. Faça uma explanação sobre porque e para que o cliente deve proporcionar um programa geriátrico ao seu animal de estimação. Explique sobre o conteúdo do programa, os produtos e serviços que estão incluídos e os benefícios para o animal e seu dono.
    Vender aos clientes um programa geriátrico vai exigir algum esforço; mas você vai colher recompensas, tais como melhor atendimento ao animal, mais clientes fidelizados e aumento da receita operacional da clínica. Envie um folheto (folder) explicando como a clínica pode melhorar a qualidade de vida dos animais idosos. Deve ser um material impresso com qualidade gráfica, ilustrado com fotos e texto contendo informações objetivas, claras e precisas. Faça o envio através de mailings personalizados. A ênfase deve ser o bem-estar e a saúde do animal.
    Envie posteriormente o mesmo impresso por e-mail. Faça-o uma ou mais vezes. No segundo e-mail ofereça a possibilidade de esclarecimentos adicionais, pessoalmente, com hora marcada com o doutor.
    Na clínica, ao final de cada atendimento de cão idoso, entregue um folheto e coloque-se à disposição do cliente para mais informações.
O programa pode ter duração de doze meses e renovação anual. No atendimento para renovação, a consulta final incluída no programa, enfatize os resultados obtidos que beneficiaram o animal e seu dono. O cliente satisfeito certamente irá renovar.
    Faça as contas. Um animal beneficiado com o programa aos cinco anos de idade
poderá viver até os 15 anos, ou mais, e a clínica terá fidelizado o cliente por 10 anos. Multiplique o valor de cada plano por 10 (anos) e terá o valor do cliente. Volte a multiplicar o valor de um cliente pelo número de pacientes idosos da clínica e terá o valor potencial do faturamento com programas geriátricos. Consulte o seu cadastro de clientes e selecione os cães com cinco anos de idade, ou mais. Converse com você mesmo e com seus colegas da clínica.

Promova o programa de cuidados com o cão idoso

1.  Envie mensagens do tipo “Venha conhecer o programa de cuidados com o cão idoso” ou “A idade do ...... (nome do cão) está avançando. Que bom! Venha conhecer o nosso programa para cães idosos.” 
2. Se a sua clínica tem um newsletter faça uma edição especial sobre animais idosos. Informe sobre a necessidade de consultas periódica (pelo menos duas por ano) para detectar sinais precoces de problemas de saúde, tais como, obesidade, deficiência cardíaca, catarata, artrite, deficiência auditiva, doença periodontal, enfermidades de origem endócrina (hipertireodismo, diabetes, etc) afecções renais, câncer. Deixe claro que a idade não é doença e explique como a clínica pode ajudar o animal idoso. 

Treinamento do pessoal da clínica

    Para que o programa de cuidado para cães idosos seja bem sucedido, os médicos veterinários da equipe deverão reunir-se algumas vezes para compartilhar conhecimento e harmonizar procedimentos relacionados ao programa, incluindo aspectos próprios do cão idoso, tais como, osteoartrite, doenças endócrinas (diabetes, tireoide, etc) doenças do coração, renais e do fígado; também as questões referentes a parte periodontal, otológica e câncer. Enfim, todas as necessidades clínicas e nutricionais inseridas no programa. Se pertinente incluir algum especialista para abordar como diagnosticar e tratar algumas patologias. Incluir no treinamento os exames que devem ser solicitados, quando e como – inclusos no programa tais como exames de sangue e urina, radiografias, ECGs, etc... Enfim, todos os aspectos clínicos que vão permitir definir o perfil geriátrico de um cão. 
    É importante o treinamento porque, quando os veterinários entenderem a importância do programa de atendimento ao idoso – programa geriátrico – eles irão perceber os benefícios e o seu programa terá sucesso.
    Ainda como parte do treinamento da equipe é indispensável treinar as recepcionistas, estagiários, enfermeiros e pessoal administrativo. Todos precisam conhecer o programa para atuarem com eficácia segundo suas respectivas atribuições.
    A consultoria jurídica também precisa conhecer detalhes para que possa redigir um contrato padrão que defina com objetividade e clareza os direitos e obrigação das partes. Será interessante incluir uma cláusula que autorize tacitamente a realização dos exames e procedimentos incluídos no programa de atendimento ao cão idoso. Como anexo e parte do contrato incluir o texto do programa, com todos os serviços e produtos que estariam inclusos, bem como a informação do que o programa não cobre e não inclui.

Checklist ajuda o proprietário a perceber as necessidades de saúde do seu cão e facilita a aceitação do programa

    Solicite aos proprietários que preencham o questionário que estamos sugerindo. Acrescente mais algumas questões caso julgue pertinente. O questionário pode ser preenchido tanto por clientes ao término de uma visita à clínica ou hospital, como após compras no pet shop (sempre que o cão tiver mais de cinco anos de idade). Também deverão responder aqueles clientes que receberam a propaganda do programa. Ao preencher o questionário o dono do animal passa a ter conhecimento sobre as doenças dos animais, conscientizando-se de que, para que seu cão de estimação possa desfrutar de uma vida melhor, cuidar significa mais do que tratar problemas de saúde que possam surgir.         Também induz à valorização da medicina veterinária e do médico-veterinário já que a proprietária que não conhecia, passa a ter ciência da importância e qualificação da profissão e da sua importância para a saúde e o bem-estar dos  animais.

Modelo sugestivo de checklist para donos de cães

    O questionário deve ser precedido de um texto justificando o seu preenchimento, conforme segue:
    Ajude se cão a desfrutar de uma vida melhor. Cuidar do seu estimado cão idoso significa mais do que tratar doenças que possam surgir. Ao tomar conhecimento sobre doenças você e seu cão poderão desfrutar uma convivência mais longa e agradável, além de saudável. Estas informações que você vai fornecer serão úteis para avaliar a saúde do seu cão e fará você começar a pensar que o seu cão merece um atendimento diferenciado.
    Para ajudar a identificar as necessidades do seu cão, por favor, responda as perguntas:
1. Meu cão está com ... anos. Na classificação abaixo meu cão, segundo minha percepção, é
    (   ) velho             (   ) muito velho    
2. Eu acho que meu cão ganhou peso durante o ano passado:
    (   ) sim    (   ) não
3. Eu alimento meu cão com:
    (   ) comida caseira  (   ) ração   (   ) ração + comida caseira
4. Eu alimento meu cão com ração da marca:
.....................................................................
5. A audição do meu cão ficou mais fraca:
    (   ) sim     (   ) não
6. Noto que a visão do meu cão já não é tão boa:
    (   ) sim    (   ) não
7. A disposição do meu cão para brincadeiras diminuiu:
    (   ) sim    (   ) não
8. Tenho notado que ele (o cão) tem aumentado o consumo de água:
    (   ) sim    (   ) não
9. O hálito do meu cão cheira mal:
    (   ) sim    (   ) não
10. Eu observo que as fezes do meu cão estão:
    (    ) mais duras  (    ) mais moles  (    ) muito moles
11. Tenho notado nódulos novos em meu cão:
    (   ) sim     (   ) não
12. A pelagem do meu cão parece sem brilho, seca, escamosa ou quebradiça:
    (   ) sim     (   ) não

    Segundo referência bibliográfica sobre geriatria veterinária “ocorrem alterações no metabolismo, perda muscular durante o envelhecimento, diminuição de reposição tecidual, e a possibilidade de artrites e outras doenças em cães idosos.” Programas de saúde para cães idosos serão benéficos para os animais; ainda que surpreso, o cliente vai manifestar boa receptividade.
    Para que tenha sucesso, é importante que o cliente se envolva com o programa de saúde e bem-estar do seu cão. O comprometimento do cliente é diretamente proporcional ao seu nível de conhecimento. Os clientes devem ser orientados pelo médico-veterinário.

Milson da Silva Pereira
(Administrador CRA nº 41787) Especialista em marketing é responsável por este caderno; autor do livro “Marketing Aplicado à Clínica Veterinária de Animais de Estimação”
e-mail: milson.pereira@hotmail.com
 
 
Fonte: (http://www.nossoclinico.com.br/)





ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Quatro raças de raposa que você deve conhecer
15/06/2018 às 22:14:23

A raposa é perigosa: verdade ou mito?
15/06/2018 às 22:12:22

CCZ de São Paulo cria site para divulgar animais que estão há tempos em fila de adoção
15/06/2018 às 22:10:35

Você conhece a peritonite? Saiba como a doença afeta os gatos
14/06/2018 às 21:15:34


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco