HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    cachorro_mexendo_rabo_1

GERIATRIA
Geriatria em Cães & Gatos 28/03/2014 às 16:19:29

“Prepare-se p/ enfrentar a velhice de seu companheiro”

Os animais, assim como nós, necessitam de cuidados especiais em sua velhice. São necessárias visitas periódicas ao médico-veterinário, que através de exames específicos, poderá prevenir ou diagnosticar doenças a tempo de receberem o tratamento adequado.
A vida média de um cão ou gato é em média de 12 a 14 anos, sendo que a idade senil começa aproximadamente aos 7 anos. Os anos passam mais rápido para os animais, pelo fato de possuírem um metabolismo mais acentuado se comparado ao nosso.
Muitos animais vivem mais que a média, chegando até aos 20 anos; entretanto alguns fatores justificam essa longevidade: predisposição genética, tipo de ambiente que vivem, alimentação e cuidados que receberá na idade senil. Segue as doenças senis mais comuns:

1-Doenças Cardíacas
Muitos cães idosos apresentam alterações cardíacas, principalmente em válvulas; muitos compensam essa disfunção, entretanto, outros apresentam sinais de cardiopatia: tosse, ofegação, cansaço além do normal, língua roxa (cianose) após excitação e desmaios. Mesmo não apresentando estes sinais, o animal idoso deve ser examinado anualmente.

2-Doenças articulares/coluna vertebral
Estas doenças são muito comuns, principalmente em animais acima do peso. A doença articular mais comum é a artrose (desgaste articulação). Já na coluna os problemas mais comuns são as hérnias de disco e as calcificações intervertebrais. Os sinais clínicos mais comuns dessas doenças são: manqueira, dificuldade de subir escadas/pular, incoordenação motora dos membros,  levantar com dificuldade e mudança nos locais de defecar ou urinar.

3-Tumores/Neoplasias
São freqüentes; nas fêmeas o mais comum são os mamários que se manifestam como nódulos nas mamas. Todo nódulo que aparece no animal deve ser avaliado. O diagnóstico precoce pode salvar a vida de um animal com câncer.

4-Infecção uterina (piometra)
Outra doença freqüente nas fêmeas. O útero do animal se enche de secreção purulenta (pus), e o animal se intoxica pela absorção dessa secreção. Sinais clínicos: apatia, vômitos, aumento de volume abdominal e corrimento vaginal. Deve ser encaminhado ao veterinário imediatamente.

5-Doença Periodontal
Doença provocada pela placa bacteriana, levando a perda de dentes e doenças sistêmicas (rins, coração) devido à migração dessas bactérias. Os animais devem ser avaliados anualmente. A prevenção consiste na remoção dessa placa periodicamente. Sinais clínicos mais comuns são mau hálito, dificuldade de mastigação e salivação.

6-Insuficiência Renal
São quando os rins começam a perder a capacidade de filtrar e eliminar as impurezas/toxinas do organismo. Muito comum em felinos. Os sinais são emagrecimento, vômitos, ingestão exagerada de água, perda de apetite e anemia.

7-Diabetes
Menos comum, entretanto, animais idosos podem se tornar diabéticos. Os sinais são ingestão acentuada de água, urina demais e pode estar associado ou não a catarata. Exames periódicos (glicemia) fornecem um diagnóstico precoce e um maior sucesso no tratamento.

Dr. Eduardo Pacheco
CRMV/SP: 12634
Hospital Veterinário Santa Inês

 

 

Fonte: (http://www.santainesvet.com.br/)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Kerry Blue Terrier
16/07/2018 às 21:53:56

Máscara Hidrate Hydra: Clinvet trás novidade para seus clientes
16/07/2018 às 21:49:09

CCZ de São Paulo cria site para divulgar animais que estão há tempos em fila de adoção
16/07/2018 às 21:02:16

Estudante leva vira-lata em sessão de fotos da formatura
16/07/2018 às 20:42:25


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco