HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    cachorro_mexendo_rabo_1

LEGISLAÇÃO
Lei de Montreal que previa banir cães da raça Pit Bull é suspensa por tempo indeterminado 20/10/2016 às 16:56:02

Nós falamos aqui sobre uma lei aprovada em Montreal, no Canadá, que proíbe Pit Bulls e cães que se assemelham a esta raça na cidade. Mas, para a grande felicidade de todos os amantes de animais, e principalmente para os tutores de Pit Bull, a lei foi suspensa por tempo indeterminado.

Uma semana após a votação favorável, Louis Gouin, juiz do Tribunal Superior de Justiça de Quebec, acatou o pedido da SPCA de Montreal para suspender a lei municipal que pretendia banir Pit Bulls.

Cães de Montreal conseguem sua primeira vitória. (Foto: Reprodução / Paige Burris / The Positive Pit Bull)

Cães de Montreal conseguem sua primeira vitória. (Foto: Reprodução / Paige Burris / The Positive Pit Bull)

“A luta está longe de terminar, mas estamos muito satisfeitos com esta primeira vitória”, disse Sophie Gaillard, um advogado do SPCA de Montreal, em comunicado para a imprensa. “Estamos particularmente satisfeitos por continuar encontrando lares adotivos para todos os nossos cães saudáveis, independentemente de sua aparência física”, completou.

A disputa entre os representantes da cidade e grupos de bem-estar animal ainda pode durar muito tempo.

“A cidade tem o direito de decidir sobre a melhor forma de proteger seu território e seus cidadãos”, comentou o prefeito de Montreal, Denis Coderre, para repórteres após a decisão de suspensão da lei.

Argumentos da SPCA de Montreal foram determinantes para juiz suspender a lei por tempo indeterminado. (Foto: Reprodução / Paige Burris / The Positive Pit Bull)

Argumentos da SPCA de Montreal foram determinantes para juiz suspender a lei por tempo indeterminado. (Foto: Reprodução / Paige Burris / The Positive Pit Bull)

O juiz Louis Gouin suspendeu a lei temporariamente após a SPCA da cidade argumentar que a mesma não define tão bem quais seriam exatamente as raças que deveriam ser proibidas, fato que deixou muitos tutores apreensivos e em dúvidas de se o seu cão seria banido ou não.

Além disso, grupos de bem-estar animal lembram que a proibição de raças não garante que os ataques de cães acabem ou diminuam. Prova disso é a província de Ontário, também no Canadá, onde a proibição de cães Pit Bull tem sido aplicada desde 2005 e é até hoje considerada um fracasso, pois não afetou o número de mordidas de cão por lá.

Pesquisas que provam que o comportamento do cão não está relacionado com a aparência física ou raça são pontos bastante positivos.(Foto: Reprodução / Nana The Earless Pbble)

Pesquisas que provam que o comportamento do cão não está relacionado com a aparência física ou raça são pontos bastante positivos.(Foto: Reprodução / Nana The Earless Pbble)

Outro ponto positivo são as pesquisas científicas que provam que o comportamento do cão não está relacionado com a aparência física ou raça, mas sim com a forma como são tratados, se estão esterilizados ou não e como são treinados.

A batalha judicial poderá levar meses, mas esta primeira vitória já é bastante significativa para mostrar que os amantes de animais e organizações que lutam pelo bem estar destes seres não devem parar de lutar jamais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: (Portal do Dog)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Uso do xampu seco em cães
21/07/2018 às 18:55:07

Diagnóstico e prevenção de borreliose
21/07/2018 às 18:52:52

Otterhound ou cão de lontra: saiba mais sobre esse cão
21/07/2018 às 18:49:54

Deputados derrubam veto do governador e testes de cosméticos em animais são proibidos em Minas
17/07/2018 às 20:05:55


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco