HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

Notícias
Soldado se reúne com cadelinha que conheceu quando estava em serviço no Oriente Médio 31/01/2018 às 23:13:15

Ser um soldado enviado para uma região que vive em guerra e ter que conviver com a violência e o medo enquanto fica longe da família por bastante tempo, às vezes até sem saber quando vai poder retornar para o lar, pode ser muito difícil e solitário.

Sendo assim, quando a equipe de Joe Zehring, sargento médico do Exército dos Estados Unidos que estava em serviço no Oriente Médio, passou a cuidar de duas pequenas cadelinhas, o coração de Joe acabou ganhando um certo conforto.

O soldado Joe se encantou pela cadela enquanto estava em serviço no Oriente Médio. (Foto: Reprodução / Wral News)

As cadelas ficaram órfãs depois que a mãe delas pisou um dispositivo explosivo improvisado. Ele contou que as pequenas cadelas ficaram sozinhas, então sua equipe decidiu adotá-las e levá-las.

Como ajudou a equipe a cuidar das cadelinhas, o sargento Joe Zehring acabou se apegando aos animais, em especial a uma das cadelas, que recebeu o nome de Annabelle.

“Foi meio emocionante. Nós conseguimos uma dupla de cachorros. Era apenas alguém para amar, passar um pouco mais de tempo, nos dar emoção”, disse ele.

Ele ajudou a cuidar da cadela e se apegou bastante ao animal, que recebeu o nome de Annabelle. (Foto: Reprodução / Wral News)

Porém, o convívio entre Joe e Annabelle acabou quando o sargento voltou para a sua casa e para a sua família, que inclui esposa, um filho pequeno e um cachorro da raça Weimaraner. Porém, apesar da felicidade de estar perto daqueles que ele tanto ama, ele sentia que estava faltando algo. Era sua amiga Annabelle.

Então, Joe entrou em contato com o SPCA (Sociedade para a Prevenção da Crueldade aos Animais) internacional, que tem um programa que ajuda a reunir militares e cães que também prestaram serviço ou com animais locais que foram adotados pelos militares durante seu período de trabalho, que muitas vezes significa guerra.

“Esta cadela, eu vi onde ela esteve. Não foi muito bom. Há cachorros por todo o lugar que precisam de casas. Ela significa algo para mim e é um amor”, disse ele.

Joe e sua família ficaram muito felizes com a chegada de sua amada amiga Annabelle. (Foto: Reprodução / Wral News)

Graças aos esforços de resgate extraordinários da SPCA internacional, Joe e Annabelle conseguiram se reunir em solo americano, onde a cadela viverá o resto de sua vida ao lado do amigo que ela ajudou e que a ajudou quando ela mais precisava.

“Isso é incrível… Ela ganhou a cidadania americana”, disse Joe muito feliz em finalmente poder ter Annabelle junto do resto de sua família.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: (Portal do Dog)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Prefeitura de Petrolina cria Conselho de Proteção e Defesa dos Animais
21/04/2018 às 13:07:15

Jennifer Penteados Oliveira é o primeiro contrato do Jornal Saúde Estilo em Monlevade
20/04/2018 às 11:04:21

Zipper Multi Empresa fechou com o 4º Encontro dos Apaixonados por Cães
20/04/2018 às 10:38:25

Quando o nariz seco é um alerta de doença em cães
19/04/2018 às 23:34:54


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco