HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

NotÝcias
Kerry Blue Terrier 16/07/2018 às 21:53:56

Hoje queremos falar com você sobre uma raça de cães muito especial. Parece um bichinho de pelúcia, e quem vê um desses cães não pode deixar de admirá-lo. Estamos nos referindo ao Kerry Blue Terrier. Você gostaria de conhecê-lo melhor? Bem, contaremos tudo o que sabemos sobre ele.

 

Tudo o que você precisa saber sobre o Kerry Blue Terrier

História e origem

Como o próprio nome sugere, pertence à família dos terriers, alguns dos quais, como é o caso, originaram-se em Kerry, na Irlanda. Não há referências literárias desta raça até o século 19, portanto, ela não é considerada uma raça muito antiga.

 

No entanto, alega-se que os criadores que deram origem ao terrier irlandês são os mesmos do Kerry Blue Terrier. Acredita-se que esta raça foi mantida isolada para preservar sua pureza, até que suas habilidades como cão de briga foram notadas e, então, eles começaram a cruzá-lo com o Bedlington terrier e o bull terrier.

No entanto, há mais especulações sobre esta raça. Outros afirmam que este cão chegou em um naufrágio de um navio perto da baía de Tralee, no final do século 18, para depois cruzar com terriers de capa azul. Outra hipótese é que esta raça chegou à Irlanda no século 16, com os navios da Marinha espanhola. Qual será a verdade? Provavelmente nós nunca saberemos.

Kerry Blue Terrier
 

O que sabemos com certeza é que, no século 20, essa raça se popularizou na Irlanda, já que representava 25% dos registros do Kennel ClubÉ por isso que, em 1924, ela começou a ser reconhecida como o cão do povo irlandês, que queria a independência da Inglaterra.

Características físicas do Kerry Blue Terrier

É um cão de tamanho médio, pode medir de 46 a 49 centímetros. Seu peso varia entre 15 e 20 quilos. No entanto, dizem que o peso ideal para esta raça é de 16 quilos, de modo que um peso maior que este é considerado acima do peso.

Sua cabeça é grande e marcada com um focinho proeminente, característico do terrier. Suas orelhas, em comparação com a cabeça, são pequenas, pontiagudas e dobradas para baixo. Elas têm forma de ‘V’ e são grossas. Sua cauda é curta e está localizada em uma área alta de suas costas, reta enquanto descansa, e ereta enquanto o cão está vigilante.

 

Seus pelos são típicos de um terrier, muito ondulado, grosso, mas macio, diferente do resto dos terriers e mais volumosos. Sua pelagem é brilhante, a cor admitida para esta raça é azul, e o mesmo tom está presente, mas mais escuro, nos ouvidos. No entanto, quando nascem, sua cor é preta, embora deva apresentar traços azulados antes de um ano e meio de vida.

Temperamento do Kerry Blue Terrier

Eles precisam ser socializados desde muito pequenos, porque, como todos sabemos, a atitude do terrier é geralmente forte e arisca. De qualquer forma, se desde o primeiro momento você mostrar quem está no comando e, além disso, ajudá-lo a se relacionar com outras pessoas e animais, você terá um cão sociável e simpático.

Kerry Blue Terrier

Ele é corajoso e muito inteligente, embora teimoso e pouco tolerante. Tenha cuidado, porque dizem que estes cães sabem como manipular seu dono para conseguir o que querem. Apesar disso, ele é nobre e carinhoso, ideal para estar com crianças, por causa de seu grande instinto protetor. Além disso, não gosta de ficar sozinho, porque aprecia companhia.

Cuidados especiais

O Kerry Blue Terrier é um cão muito ativo, que requer exercícios diários. Seus pelos também precisam de cuidados diários, pois os nós são comuns nesse tipo de pelos. Se você não sabe como cuidar de um pelo com essas características, lembre-se do conselho que lhe demos sobre rasqueamento.

Suas orelhas precisam ser imobilizadas quando eles são filhotes, enquanto a cartilagem é desenvolvida, para que elas se desenvolvam corretamente e para que não machuquemos nosso cão de forma não intencional. Uma vez que elas tenham se desenvolvido, já podem ser soltas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: (Meus Animais)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Esquilo cinzento: conheša todas as suas caracterÝsticas
14/08/2018 às 23:16:47

Filariose canina: causas e tratamento
14/08/2018 às 23:12:18

3 receitas de sorvetes para cŃes
14/08/2018 às 23:10:02

Cachorro na corrente: Covardia sem limites
08/08/2018 às 20:35:20


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco