HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    Anuncie

Notícias
As cadelas podem ter mastite? 02/10/2018 às 22:40:44

A gravidade desta doença é tal que os filhotes que estão sendo amamentados podem morrer, portanto, estar ciente dos sintomas para identificá-lo pode salvar suas vidas.

Existem muitas doenças comuns que os cães, assim como nós, podem ter. Mas às vezes não sabemos quais são elas. Por exemplo, cadelas podem ter mastite? Falaremos sobre isso neste artigo.

O que é mastite?

A mastite é uma inflamação e infecção da mama, que provoca grande dor.

Geralmente é causada por uma perda da qualidade do leite maternoque não afeta apenas a mãe, mas pode levar os bebês à morte, porque impede que sejam alimentados adequadamente.

Embora a mastite sempre tenha sido uma doença comum em humanos, sabe-se há vários anos que as cadelas e outros mamíferos também podem sofrer com ela.

Identificar os sintomas de que suas cadelas podem ter mastite e saber como agir é essencial para ajudar a mãe e salvar a vida de seus filhotes.

As cadelas podem ter mastite, mas como identificá-la?

A mastite pode surgir mesmo em cadelas que não estão grávidas e sofrem uma gravidez psicológica.

De fato, é um dos sintomas mais recorrentes para diagnosticar esse tipo de “gravidez”.

Cachorra com dois filhotes

 

A mastite canina nem sempre tem que apresentar uma infecção, porque poderia ser simplesmente uma inflamação. Seja como for, sempre causará grande dor e desconforto ao seu animal de estimação.

Uma das razões que pode causar isso é a pressão que os filhotes fazem nas mamasda mãe com as pernas e unhas. Esse gesto pode causar lesões, que, juntamente com as baixas defesas decorrentes do parto, aumentam o risco de uma infecção.

 

Sintomas da mastite canina

Como sempre dizemos, estar atento a qualquer mudança ocorrida em nosso animal faz parte da responsabilidade que adquirimos ao adotá-lo.

Portanto, verifique se o seu cão apresenta um ou mais destes sintomas para agir rapidamente:

  • Apatia
  • Fadiga
  • Letargia
  • Sensibilidade ao toque na área
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Vômito
  • Diarreia
  • Febre
  • Vermelhidão e irritação das mamas
  • Perda de apetite
  • Mamas mais “duras”

Lembre-se de que a mastite também afeta os filhotes, que podem apresentar sintomas de que o leite que bebem não é de boa qualidade. 

Estes podem ser: perda de peso, não comer o suficiente, fraqueza, gemidos, problemas de pele ou digestivos.

 

Se você notar algum desses sinais, seja na mãe ou nos filhotes, vá ao veterinário para resolver isso o mais rápido possível.

O leite acumulado nas mamas pode ter consequências fatais para ela. Por isso, se os filhotes não estão mamando o suficiente (algo raro de acontecer), isso pode aumentar as chances da cadela sofrer de mastite.

É muito provável que o veterinário sugira que você alimente os filhotes com uma fórmula infantil, através de mamadeira, até que eles consumam mais alimentos sólidos.

Filhote de cachorro tomando leite na mamadeira

 

Diagnóstico de mastite canina

Além de levar em conta os sintomas mencionados acima, o veterinário fará exames em sua cadelinha.

É possível que, até mesmo, peça um ultrassom ou algum exame semelhante, dependendo do estado da mastite e do animal.

Uma cultura microbiológica de leite e até uma citologia também podem ser necessárias.

Se o veterinário determinar que realmente é mastite e, também, sua gravidade, o tratamento será realizado.

Tratamento

Não medique seu cão por conta própria, nem siga as recomendações dos outros. O veterinário é o único que pode determinar um tratamento para o seu animal de estimação.

A primeira coisa a fazer será extrair o leite materno acumulado nos seios para aliviar o animal. 

Pode ser que haja abcessos ou tumores, caso em que será necessário realizar uma cirurgia.

O tratamento antibiótico para acalmar a dor e eliminar a infecção, se houver, dura entre duas e três semanas. 

Os medicamentos mais comuns que podem ser prescritos são amoxicilina, ácido clavulânico, cefalexina ou cefoxitina.

Siga ao pé da letra quaisquer instruções que o veterinário lhe passar e, enquanto suspeitar que suas cadelas podem ter mastite, não deixe os filhotes serem amamentados. Isso seria prejudicial para eles e para a mãe também.

Calma, se você estiver ciente dessas mudanças em seu animal de estimação e agir a tempo, a mastite tem uma solução simples.

 

 

 

 

Fonte: (Meus Animais)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Mastim napolitano: Saiba tudo sobre essa raça
03/10/2018 às 22:20:29

Raiva ameaça 170 mil cães e gatos em BH; baixa cobertura vacinal obriga PBH a estender campanha
03/10/2018 às 22:04:29

Pet hotel e sócios são condenados a indenizar família por fuga e desaparecimento de cães
03/10/2018 às 22:00:20

As cadelas podem ter mastite?
02/10/2018 às 22:40:44


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco