HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    Rede Aleluia cachorro_mexendo_rabo_1

Notcias
Todos os detalhes sobre a acondroplasia canina 26/11/2018 às 23:05:58

Esse distúrbio, que faz com que os membros sejam mais curtos do que deveriam, é mais comum em certas raças. Mesmo assim, os cães afetados podem ter uma vida plena.

Quando um cão tem pernas muito curtas, tanto que pode ser dito que ele apresenta nanismo, é muito provável que estejamos diante de um caso de acondroplasia canina. 

É uma condição que é herdada e que pode afetar mais ou menos seriamente os animais que sofrem com isso. Aqui contaremos tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Raças predispostas a sofrer esse distúrbio

Esta é uma forma de osteocondrodisplasia causada por uma anormalidade do gene do receptor do fator de crescimento dos fibroblastos. Mas o que isso quer dizer?

Que os ossos do animal, não importando seu sexo, não crescem até o tamanho esperado.

Existem algumas raças que são bastante procuradas justamente por essa característica: os membros curtos.

E é um assunto que certamente requer um debate profundo, mas que extrapola o tema deste artigo. Por exemplo, é uma condição que é procurada em:

ces com patas curtas

 

No entanto, existem outros animais afetados pela acondroplasia canina de uma forma indesejada ou não procurada. É o caso das seguintes raças:

  • Pastor alemão
  • Boston terrier
  • Spaniel japonês ou chin
  • Terrier escocês
  • Pointer Inglês
  • Shih-tzu
  • Cocker spaniel
  • Beagle
  • Buldogue Inglês e Francês
  • Malamute do Alasca
  • Pequinês
  • Lhasa apso
  • Shar pei

Quando um cão tem membros muito curtos, é provável que sofra de acondroplasia canina. Esta condição, embora seja procurada em algumas raças, em outras pode gerar problemas de diferentes gravidades. Em qualquer caso, um diagnóstico preciso é necessário para determinar o tratamento adequado para cada animal.

Sintomas e doenças associadas

Além das pernas curtas e desproporcionais, cães com acondroplasia canina se caracterizam por terem:

  • Cabeça alongada e maior que o normal
  • Crescimento ósseo anormal e deformidades esqueléticas
  • Dentes tortos
  • Mandíbula curta
  • Fraco crescimento e desenvolvimento físico
  • Coluna subdesenvolvida
  • Extremidades arqueadas, especialmente as da frente

Além disso, esse distúrbio geralmente está associado a outras doenças. Entre elas:

  • Surdez
  • Fenda palatina
  • Doença cardíaca
  • Convulsões
  • Artrite (conforme o animal envelhece)

Como a acondroplasia canina é diagnosticada

Se você suspeitar que um cão tem acondroplasia, o veterinário deverá realizar um exame físico completo para descartar outras causas do problema.

basset hound: co com pernas curtas

 

Deve incluir testes de laboratório. Por exemplo: hemograma, perfil bioquímico e exames de urina. Também é importante ter radiografiasdas extremidades afetadas e da coluna vertebral.

Tratamentos para cães com nanismo

O prognóstico de cada espécime dependerá da gravidade com que a acondroplasia se manifesta.

Para alguns cães pode ser incapacitante, mas muitos, felizmente, conseguem levar uma vida longa e saudável sem ter que passar por qualquer tratamento.

Outros animais precisarão receber anti-inflamatórios para aliviar a pressão ou a dor que sentem. Em casos mais extremos deverão recorrer à cirurgia. E é mais do que provável que a expectativa de vida seja encurtada.

Outra questão a considerar em um caso de acondroplasia canina é que o cão não se torne obeso.

O veterinário vai saber qual é a dieta mais adequada para evitar o excesso de peso, o que complicaria ainda mais seu quadro.

Além disso, se você quiser que seu cão cruze e tenha filhotes, é bom realizar previamente uma avaliação genética para saber se está tudo bem.

O mesmo vale para pais, avós e irmãos do animal em questão.

 

 

 

 

Fonte: (Meus Animais)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
A piometra em cadelas
13/12/2018 às 23:02:07

Como fazer o cachorro engordar
13/12/2018 às 22:57:32

Piometra em ces: sintomas e tratamento
13/12/2018 às 22:54:03

Cachorro sempre com fome
13/12/2018 às 22:51:08


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco