HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    cachorro_mexendo_rabo_1

Notícias
5 espécies de iguanas: venha conhecê-las! 13/12/2018 às 22:47:08

Além da que geralmente é adotada como animal de estimação, há um total de 40 espécies de iguanas, a maioria da América.

Esses répteis, pertencentes à família Iguanidae, são endêmicos de áreas tropicais. Além disso, são de sangue frio e podem viver até 20 anos. Neste artigo, falaremos sobre algumas das espécies de iguanas que existem.

Quantas espécies de iguanas existem?

No total, existem 40 espécies de iguanas, a grande maioria habitando a América. Entre elas, podemos destacar as mais conhecidas, inclusive a escolhida como animal de estimação:

1. Iguana Verde

Este lagarto arbóreo típico da América Latina (habita do México ao Paraguai) pode medir dois metros de comprimento e pesar cerca de 15 quilos.

Além disso, é herbívoro, embora na natureza possa comer alguns pequenos insetos “misturados” entre as folhas.

A iguana verde (foto que abre este artigo) é dessa cor para poder se misturar com a vegetação do entorno. Tem pernas curtas terminando em cinco dedos com garras muito afiadas para subir sem problemas nas árvoresTrata-se da mais escolhida como animal de estimação.

2. Iguana Marinha

Esta é outra espécie de iguanas, e trata-se do único lagarto dependente do mar, uma vez que se alimenta de algas. Dessa forma, os machos têm a capacidade de nadar.

As fêmeas e os jovens se alimentam quando a maré sobe: ficam entre as pedras esperando a comida chegar. Por conta disso, são vulneráveis ​​ao ataque de algumas aves, como o gavião-real.

Iguana marinha

 

 

A iguana marinha é endêmica das Ilhas Galápagos e tem um sistema especial para se livrar da água salgada pelas narinas.

Além disso, tem uma coloração escura que permite, por um lado, misturar-se com as rochas e, por outro, absorver melhor o calor do sol quando sai da água fria.

3. Iguana riscada

Esta iguana do gênero Ctenosaura, também conhecida como garrobo, vive na América Central, especificamente no Panamá.

No entanto, foi introduzida pelo homem em algumas ilhas do Caribe e na Flórida,  nos Estados Unidos. Prefere áreas rochosas e arenosas.

algumas espécies de iguanas: iguana riscada

 

 

A iguana riscada é o lagarto mais rápido da Terra: atinge uma velocidade de 35 km/h. Os machos medem 1,3 metro e são um pouco maiores que as fêmeas.

Os jovens são insetívoros e, à medida que crescem, tornam-se herbívoros. Nessa fase, comem flores, folhas, caules e frutos.

4. Iguana do Deserto

Esta é outra espécie de iguanas que podemos encontrar no continente americano. Neste caso, vive entre o sudoeste dos Estados Unidos e o noroeste do México.

Escolhe, além do deserto, regiões secas e rochosas e menos de mil metros de altura. Portanto, suporta as altas temperaturas e cria sua toca com montes de areia.

conheça 5 espécies de iguanas: a iguana do deserto

 

A iguana do deserto mede cerca de 60 centímetros e é bege ou cinza pálido, com manchas escuras nas costas e a barriga mais clara.

Durante a época de acasalamento, os lados do corpo ficam rosados ​​em ambos os sexos. Além disso, se reproduzem na primavera e a fêmea coloca no máximo oito ovos.

É um animal herbívoro que se alimenta de folhas, brotos e frutas. Entretanto, ela também gosta de consumir flores amarelas. Os principais predadores dessa iguana são aves de rapina, doninhas, raposas e cobras.

5. Iguana-de-crista de Fiji

É uma das poucas espécies de iguanas que não vivem na América. Infelizmente, está em perigo crítico de extinção devido à perda de habitat natural.

Essa perda é causada sobretudo pela atividade agrícola, a introdução de plantas exóticas invasoras e incêndios florestais.

Iguana-de-crista de Fiji

 

A iguana de crista de Fiji é verde claro com um fundo preto ou cinza e tem faixas brancas no corpo e na cauda. Mede cerca de 70 centímetros e os machos são mais escuros que as fêmeas.

Além disso, como os outros exemplos, é herbívoro. Portanto, se alimenta de flores, frutas, folhas e botões.

Seu cortejo começa em janeiro, elas se reproduzem de fevereiro a abril e a fêmea incuba os ovos – entre dois a quatro por estação – durante nove meses. Os filhotes nascem apenas em outubro, durante a estação chuvosa.

 

 

 

Fonte: (Meus Animais)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
O Buldogue americano
23/03/2019 às 21:16:41

Diferenças entre o buldogue francês e o buldogue inglês
23/03/2019 às 21:14:16

Enriquecimento ambiental para ratos
23/03/2019 às 21:11:45

7 melhores raças de cães hipoalergênicos para portadores de alergia
23/03/2019 às 21:09:08


© Canil Garra 2019. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco