HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    cachorro_mexendo_rabo_1

Notícias
Creche para cães – O guia completo com tudo que você precisa saber 03/12/2019 às 22:39:40

Você já deve ter ouvido falar da creche para cães, não é mesmo? Pois bem, este é um local de extrema importância para diversas situações na vida de um cachorro.

A vida de um ser humano na grande maioria dos casos, começa em uma creche. Isto acontece pelo fato dos pais terem que ir trabalhar ou passar boa parte do dia fora. A consequência disso, são crianças com um “poder” de socialização importante e diversas outras habilidades bem desenvolvidas.

É claro que há também pontos negativos. Afinal, crescer perto dos pais é o que há de mais importante e a infância é feita para brincar e se divertir. Afinal, há a vida toda pela frente para desenvolver habilidades, estudar e aprender. E com os cães não é diferente. A creche serve para fazer dos animais, cães melhores em diversos aspectos.

Desde a socialização, até o desenvolvimento de condicionamentos interessantes para levar uma vida mais leve, tranquila e sossegada. Um cachorro quando frequenta a creche, passa a brincar e conhecer outros amigos. E isto é muito interessante para a socialização do cão de uma forma geral. Pois há muitos estímulos em todo o processo que podem fazer do cachorro um animal muito mais independente e feliz.

Levando isto em consideração, preparamos um guia completo com dicas e questões importantes que você precisa entender na hora de procurar um bom local para deixar seu pet. Acompanhe a leitura!

creche para cães

Foto: Freepik

Creche para cães – Como escolher uma boa creche?

Para escolher uma boa creche para cães, é preciso entender também que este é um local que muitas vezes é visto como “salvação” para uma série de situações. Mas você não pode considerar isto. Pois para cada problema que o cão apresentar, haverá uma solução diferente. E esta solução nem sempre está nas mãos dos profissionais da creche.

Por isso, antes mesmo de você escolher qual o melhor lugar para matricular seu pet, lembre-se de que é preciso tomar alguns cuidados e remediar algumas situações iniciais. Por exemplo, se o cão for muito estressado ou mesmo se ele for um cachorro depressivo, talvez a creche não seja o lugar ideal para tratar estes problemas. Ela pode contribuir, mas é preciso fazer um acompanhamento prévio.

A creche nada mais é do que um local para descontração e passatempo. Ou seja, por mais que o cão irá aprender muitos comportamentos e brincadeiras, este é um local para que ele sinta-se bem, familiarizado e feliz. Afinal de contas, se ele está matriculado em uma creche, significa que você, tutor, não possui tempo suficiente para brincar e entretê-lo durante a semana, não é mesmo?

Pois bem, para te ajudar, separamos algumas dicas para que a creche para cães que você escolher esteja de acordo com as individualidades do seu pet e agrade-o de forma integral. Acompanhe.

Analise o local e faça ponderações

O primeiro passo para escolher uma creche para cães, é analisar o local e fazer ponderações. E isto é basicamente um “checklist” de algumas situações. Por exemplo, faça uma lista com dois ou três locais que estejam de acordo com seus critérios de localização e custos. Depois, pondere algumas situações hipotéticas com relação ao cachorro e ao dia a dia.

Estas ponderações podem estar relacionadas a acontecimentos como algum problema de saúde, uma fuga repentina ou mesmo uma briga com outros animais. Se estas situações acontecerem, como a creche irá proceder? Esta é apenas uma sugestão de análise que você pode fazer. Lembre-se de adequar a realidade do seu cão para encontrar as melhores vias.

A ideia aqui, é fazer uma lista de situações negativas que podem acontecer enquanto o cão estiver no local e o que a creche fará com relação a cada uma delas. Esta é uma foram de você manter-se tranquilo!

creche para cães

Foto: Freepik

Analise os profissionais e faça perguntas para entendê-los

Outro ponto fundamental, é analisar os profissionais que estão trabalhando na creche. A mesma situação pode ser utilizada aqui: faça perguntas e entenda um pouco mais sobre o dia a dia e experiência das pessoas que irão receber seu cão.

Da mesma forma que é importante, por exemplo, analisar o dog walker que você eventualmente contratar, é importante analisar as pessoas que estarão durante boa parte do dia cuidado do seu cachorro.

É claro que existe uma linha tênue entre ser desrespeitoso e apenas buscar mais informações sobre o desempenho profissional dos cuidadores da creche. Por isso, elabore perguntas sobre o dia a dia e tente entender como as individualidades do seu cachorro se sairiam na creche.

Lembre-se que as pessoas que trabalham em um lugar desses, são capacitadas e extremamente profissionais. Mas, não custa nada entender um pouco mais sobre cada uma delas, não é mesmo?

Busque referências com pessoas que já deixam seus cães em creches

Outra dica fundamental para escolher uma boa creche para cães, é ouvir opiniões. Busque referência com pessoas que já deixam seus cães em creches no dia a dia. Uma das melhores alternativas para entender um pouco mais sobre este ambiente, é buscar a opinião de quem já entende do assunto.

É claro que cada cão será único. Por exemplo, cuidar de um cão com diabetes é diferente de cuidar de um cão com a saúde em dia. E estas singularidades serão impossíveis de analisar de forma integral. Somente com a prática. Mas, perguntando para as pessoas já é um bom caminho para ter uma ideia do ambiente.

De preferência, busque conversar com pessoas que possuem cães da mesma raça que o seu. Na internet há diversos fóruns de discussão e páginas para encontrar empatias. Use as ferramentas a seu favor.

creche para cães

Foto: Freepik

Pesquise na internet opiniões e avaliações sobre o local

Agora que você já encontrou uma boa creche para cães, é hora de pesquisar ainda mais sobre ela. Hoje em dia, está praticamente tudo na internet e de fácil localização. Qualquer empresa, negócio ou local estarão de alguma forma presentes na rede. Seja com uma página do Facebook, seja com um site próprio. O fato é que você pode usar isso a seu favor.

Comece a buscar por opiniões e avaliações sobre a creche escolhida e entenda o que as pessoas pensam a respeito de determinado local. Quanto mais próximo você estiver das pessoas que já são clientes do local, melhor. Assim, você conseguirá extrair uma experiência mais real e mais satisfatória.

No entanto, é também importante que você não considere somente as opiniões ruins e boas. Lembre-se que cada caso é único e seu cão é singular. Por isso, aquilo que é bom para alguém pode não ser para você. E vice-verça! Tenha as opiniões apenas como base para sua tomada de decisão. Afinal, opinião é exclusiva e cada um tem a sua.

Fale com tutores que deixam seus cães na creche em questão

Uma das formas de manter seu cão feliz e saudável é fazer com que ele sinta-se bem e em casa. E para isso, você poderá buscar se informar com pessoas que já deixam seus cães na creche que você escolheu. Pergunte como o cão se sente, busque compreender os objetivos de quem já matriculou o animal e, claro, tente sempre encaixar na sua realidade.

Esta dica está muito próxima das anteriores. Afinal, buscar por avaliações e opiniões de forma geral é um caminho alternativo à falar com pessoas que já são clientes da creche. Isto criará um reflexo maior na experiência que estas pessoas estão tendo e você poderá, de alguma forma, aproveitar para tomar sua decisão final.

Entenda se o seu cachorro está apto para ir a uma creche para cães

Você sabia que nem todos os cães estão aptos para ir para uma creche? Pois é. Por mais que esta possa ser uma excelente alternativa para tutores que não tem tempo para ficar com o animal, nem sempre a creche é de fato a melhor escolha. Na verdade, a creche pode até ser boa. Mas se o seu cão não estiver pronto para ela, dificilmente ele será feliz e saudável.

Por exemplo, se o cão sentir saudade sua durante o dia, dificilmente ele terá um dia positivo. E isto, no longo prazo, é muito ruim. Outro exemplo é a questão da socialização. Será que o animal já está preparado para lidar com outros cães? Se ele não estiver, muitas crises de ansiedade e até de agressividade podem surgir.

É claro que todas estas situações são administráveis. Por exemplo, você pode tranquilamente treinar o seu cão para que ele sinta-se preparado para a creche. No entanto, é preciso fazer uma avaliação e encontrar os pontos que precisam ser melhorados antes de ele, de fato, frequentar o local.

creche para cães

Foto: Freepik

Entenda o comportamento social do seu cachorro

Esta dica está relacionada com a dica anterior. É fundamental que você entenda o comportamento do seu cachorro antes de levá-lo a uma creche para cães. Faça testes, estude e analise todos os movimentos e olhares que o seu pet demonstra durante o dia. Com estas informações, busque auxílio de um profissional da creche em si para ponderar as situações.

Você deve saber se o cachorro aceita pets ao redor dele, se consegue passar um tempo fora de casa, se ele se comporta com pessoas estranhas, se não há indícios de agressividade canina, etc. Faça um “raio-x” de todas estas situações. Somente assim a escolha do local será completa, pois precisa ser um “casamento” entre o dog e a creche. Caso contrário, dificilmente haverá adaptação.

Como acostumar seu cachorro em uma creche

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre como escolher uma boa creche para cães e como o comportamento do animal também é importante, é hora de pensar em como adaptar o animal. Para isso, é preciso considerar muitas situações hipotéticas que você levantou anteriormente, como: comportamento, docilidade, ansiedade, fome, saúde, etc.

Não há muito “segredo” para acostumar o animal. Afinal, cada raça é exclusiva e elas dificilmente terão algum tipo de proximidade comportamental. O que um Pinscher Miniatura precisa é muito diferente do que um Rottweiler, por exemplo. Embora o instinto seja um ponto que muitas vezes cria o senso de comunidade, o comportamento pode ser singular e individual.

Por isso, recomendamos testar as seguintes dicas.

Comece aos poucos e teste o comportamento do animal

Não há como simplesmente “largar” o cão na creche e deixá-lo lá por diversas horas seguidas. Há quem acredite que os profissionais que trabalham em uma creche para cães são especializados em converter comportamentos. Mas na verdade, os tutores são responsáveis diretos pela adaptação do animal ao ambiente.

Por isso, comece aos poucos e vá testando o comportamento do seu cão. Conforme mencionamos anteriormente, é importante identificar como ele reagirá e, dependendo das situações, você poderá contar com um profissional de adestramento canino para corrigir um problema aqui e outro ali.

Comece com algumas horas no dia. Depois um dia sim e outro não. Depois algumas horas todos os dias. Até que o cão adapte-se.

creche para cães

Foto: Freepik

Fique com ele nas primeiras jornadas e afaste-se aos poucos

Da mesma forma que deixar uma criança na creche ou na escola nos primeiros dias é doloroso, para deixar seu cãozinho também será. Por isso, fique com ele nos primeiros dias e faça o afastamento aos poucos. Se você simplesmente deixar o cachorro no local e sair, ele entenderá que foi abandonado e ficará extremamente triste.

Um cachorro triste pode ser reflexo de muitas situações. Inclusive, da distância do tutor. Por isso, para que o cachorro seja feliz na creche, fique com ele durante algumas horas, brinque e mostre que não há nada para temer no novo ambiente. Aos poucos, você vai diminuindo a presença até que você simplesmente possa deixar o cão e ele sentir-se feliz em ver os amigos.

Leve os brinquedos preferidos do animal

Os melhores brinquedos para cachorro são aqueles que ele mais ama. E isto pode ser uma variação ou pode ser um exclusivo. O fato é que estes itens são fundamentais para que a saúde mental do cachorro não seja comprometida, de forma que ele sinta-se sozinho no novo ambiente.

A creche para cães pode ser assustadora no começo. Tanto para o animal, quanto para o tutor. Por isso, nos primeiros dias e até mesmo depois de algum tempo, sempre leve os brinquedos preferidos do seu pet. Ele criará uma sensação de lar ao ver os brinquedos e se sentirá confortável.

Os petiscos mais adorados podem fazer diferença

Da mesma forma que o adestramento de cachorro requer petiscos para servir como recompensa, as idas a creche também podem representar esta necessidade. Por exemplo, se o seu cachorro adora determinado petisco, por que não levá-los para agradar o animal durante um dia que pode ser estressante? Principalmente se você estiver fazendo a adaptação do cachorro, pensar em alternativas para mantê-lo alegre é fundamental.

E isto também pode servir não só como consolo, mas também, como estímulo! Por exemplo, se você der um biscoito canino toda vez que for buscar o cão na creche, ele começará a criar condicionamento de que, após a estadia, receberá a recompensa. E se a recompensa for um biscoito que ele ama, certamente ele será feliz!

cachorros

Foto: Freepik

Introduza-o aos amigos “cãopanheiros”

Se o seu cachorro tem medo de outros cães, significa que ele ainda não possui um estímulo maduro o suficiente para a socialização. Por isso, é importante que este processo seja feito com calma na creche para cães. Introduza o seu cachorro aos amigos de forma calma, tranquila e com muita cautela. Observe todos os movimentos para que não hajam acidentes.

Alguns cachorros irão começar a cheirar, outros vão querer ir para cima, outros vão querer se esconder. São três comportamentos comuns e normais. Veja como o seu pet se sai e esteja sempre presente para conter qualquer tipo de exagero ou para demonstrar presença em caso de medo.

Aumente as idas semanais aos poucos

Conforme mencionamos anteriormente, você não pode forçar as idas a creche no início. Aumente a frequência gradativamente para que o cachorro não fique assustado, com medo ou agressivo. Além do mais, o cão pode desenvolver a síndrome da ansiedade de separação, caso o processo não seja aos poucos.

Assim sendo, jamais simplesmente “largue” o cachorro para os profissionais da creche. Faça um acompanhamento, esteja presente, demonstre interesse e, acima de tudo, cuide do seu pet. Ele sabe quando você está interessado em vê-lo feliz e também sabe quando você demonstra indiferença.

Benefícios de levar seu cão a uma creche

Uma creche para cães pode ser fantástica em diversos pontos. Desde a socialização dos cães, até a saúde mental aprimorada, com brincadeiras e jogos para cachorros que fazem eles mais inteligentes. No entanto, vamos listar alguns ótimos benefícios para que você considere sempre as possibilidades. Veja abaixo.

A socialização melhora

A socialização dos cachorros é importante. Mesmo que de forma tímida, no parque ou em passeios, eles precisam entender que vivem em sociedade. E a sociedade canina ajuda-os a manter a sanidade mental de alguma forma. Afinal, a solidão pode invadi-los de forma que precisem de estímulos para entender que não estão sozinhos.

Melhoria da saúde e bem-estar do animal

Em uma creche para cães, os animais conseguem desenvolver muito bem a saúde e bem-estar. Afinal, eles irão gastar energia e praticar exercícios físicos para que tenham uma vida mais plena e completa. E isto é ótimo para evitar doenças e, de alguma forma, proporcionar mais qualidade de vida no médio e longo prazo.

Cria uma rotina positiva na vida do cachorro

A rotina é importante para os cães. Eles precisam ter um horário para comer, dormir, brincar e passear. E a creche é interessante partindo deste princípio, uma vez que haverão horários para atividades, para descanso, para entrar e para sair. O condicionamento, neste caso, ajudará os cães a serem menos ansiosos e estressados.

Ele gasta energia

gasto de energia é talvez uma das fontes mais importantes de geração de saúde. Um cachorro com muito estoque de energia pode desenvolver doenças sérias, tanto físicas quanto mentais. Por isso, em um espaço amplo e com muitas áreas abertas, o cachorro poderá correr, brincar, latir e se divertir com os amigos. Ao fim do dia, certamente ele estará exausto e terá uma ótima noite de sono.

Melhora da saúde mental

Além de tudo, a saúde mental será um dos pontos mais impactados com as frequentes idas a uma creche para cães. Da mesma forma que a saúde física ganha com o gasto de energia, a saúde mental também recebe benefícios. Afinal, os jogos, brincadeiras e estímulos farão o cachorro pensar e trabalhar o cérebro durante boa parte do tempo. E isto, no futuro, pode evitar diversas doenças, inclusive a demência em cães, que é muito comum com o passar dos anos.

Outros pontos importantes ao deixar seu cachorro em uma creche

Antes mesmo de matricular o cachorro em uma creche, é preciso se atentar também a parte “burocrática”, por assim dizer. Além de todas as dicas que mencionamos anteriormente, o cachorro precisa também estar em dia com alguns requerimentos. Vale lembrar que que cada creche é única e irá requisitar pontos específicos. Mas alguns, desta forma, são fundamentais, como:

As vacinas precisam estar em dia

Vacinar o cachorro é uma das atitudes mais importantes que você, tutor, precisa executar. As vacinas garantem não só a saúde do seu cão, mas também, garantem a saúde e bem-estar dos amigos que estarão na creche. Afinal, algumas doenças são transmissíveis e alguns vírus podem ser muito prejudiciais. Por isso, evitar este tipo de contaminação é fundamental para garantir qualidade de vida para todos que habitam a creche.

O cachorro precisa ter o mínimo de adestramento

adestramento canino é importante em qualquer fase da vida do cão. Principalmente se ele for lidar com outras pessoas ou outros animais. Por isso, nunca deixe de contatar um profissional para que você possa ensinar bons modos de convívio em sociedade para o seu cachorro. Desta forma ele será bem recebido e o dia a dia dele será muito menos estressante.

Avise caso o cão tenha alguma necessidade especial ou alergia

Outro ponto importante, é avisar para os profissionais da creche para cães, caso o animal tenha qualquer tipo de necessidade especial. Se houver, eles precisam saber para que o ambiente possa ser adaptado e devidamente preparado para recebê-lo. Lembre-se que o seu cachorro é dependente de você. E, se ele sentir que está em um ambiente estranho, deslocado e ainda sozinho, a adaptação será muito dolorida e demorada.

Agora que você já entendeu tudo sobre creche para cães, é hora de colocar as dicas em prática, escolher um ótimo lugar e matricular seu melhor amigo. Cuide do seu pet e boa sorte.

 

 

 

 

 

Fonte: (Portal do Dog)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cachorro ansioso – Sintomas, dicas e tratamento
21/12/2019 às 20:17:09

9 cuidados necessários na gestação e lactação dos cães
21/12/2019 às 20:11:49

Cuidados e manutenção de um cão de raça grande
21/12/2019 às 20:10:01

Conheça a ilha que é habitada somente por cães no Paquistão
10/12/2019 às 22:53:07


© Canil Garra 2020. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco