HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    Rede Aleluia Anuncie

Notícias
Presa Canário: descrição da raça, saúde e alimentação 11/12/2020 às 12:29:40

O Presa Canário é uma raça de cães molossóides com apurados instintos territoriais e de cão de guarda, originada nas ilhas Canárias no arquipélago espanhol no Oceano Atlântico.

O Presa Canário é um cachorro que embora ligeiramente suspeito, sua missão é proteger a paz da família em que vive. Discreto o suficiente para não correr para todos que encontra, mas também não fleumático, este guarda molossiano está sempre pronto para uma façanha em nome do mestre.

Conheça mais sobre a raça.

Fatos rápidos

  • Nome da raça: Dogo Canary
  • País de origem: Espanha
  • Peso: machos a partir de 50 kg, fêmeas a partir de 40 kg
  • Altura (altura na cernelha): machos 60-65 cm, fêmeas 56-61 cm
  • Expectativa de vida: 9-11 anos

Curiosidades sobre o Presa Canário

presa canário

Presa canário – Foto: Freepik

 

  • Do espanhol, presa canário se traduz como “um cachorro que agarra/estrangula”.
  • Em comparação com a maioria dos cães de briga, os cães canários têm um nível reduzido de agressão, o que não os impede de reagir agudamente a qualquer ameaça contra humanos.
  • Presa Canario é um cão de um proprietário, portanto, mesmo vivendo em uma família numerosa, o animal obedece aos requisitos de uma pessoa apenas.
  • Os cães canários praticamente não iniciam lutas com outros membros da tribo, mas participam delas de boa vontade.
  • O Presa Canário não sofre da baba abundante que é característica de seus parentes – Mastins NapolitanosBuldogues e Boxers.

História da raça Presa Canário

A raça teve origem nas ilhas Canarias. Acredita-se que os cães Majoreros, criados pelas tribos Guanche desde a antiguidade, bem como os molossianos romanos, que posteriormente foram trazidos para as Ilhas Canárias, participaram da formação do genótipo animal.

Durante muito tempo, o Presa Canário viveu livremente nos territórios do arquipélago, e a principal esfera de sua atividade era a proteção da propriedade e do pasto do proprietário.

No século 15, os espanhóis se apossaram das Ilhas Canárias, exterminando parcialmente e enviando parcialmente a população indígena para o cativeiro. O conflito militar também afetou os cães.

Função de lutar e perseguir animais selvagens

Sobre as cinzas devastadas, os animais não tinham nada para proteger, então inventou-se um novo trabalho para eles: lutar e perseguir animais selvagens.

A agressão chegou à raça mais tarde, quando repassou-se o pool genético para seus representantes ao cruzar o Presa Canário com Buldogues e Mastifes ingleses trazidos para Tenerife.

Os descendentes destes acasalamentos eram de grande crueldade, pelo que as autoridades espanholas consideravam a raça perigosa.

Os cães continuaram sua carreira de lutador, além disso foram acasalados com outros “valentões” de quatro patas, como Staffords e Boxers.

Desde a segunda metade do século 20, impôs-se uma proibição às lutas de cães, e o gênero dos Presas Canários entrou em decadência. Talvez a raça tivesse desaparecido se os entusiastas espanhóis não tivessem retomado seu renascimento.

Os animais tiveram os fenótipos mais uma vez atualizados, acrescentando os genes de Rottweilers, Great Danes e Mastim Napolitano , e em 1982 o Presa Canário National Club começou a funcionar.

Em 1986 começaram as primeiras exposições caninas do cachorro na Espanha, em 1989 a raça foi padronizada e em 2001 seus representantes foram oficialmente registrados pela FCI.

Personalidade do Presa Canário

Presa Canário não são mais gladiadores ou caçadores, mas seu instinto territorial ainda é forte.

Nas relações com outros membros da tribo, o Presa Canário são razoáveis ​​e contidos, mas só até a primeira provocação.

Atacar sem avisar não está nas regras do Presa Canário, então se um animal rosna, se levanta e mostra as presas, isso sinaliza que é hora de recuar imediatamente.

Os cães canários têm uma relação pacífica e de confiança com as crianças. No entanto, você não deve confiar na paciência do animal: apesar de seu amor pelas crianças, o Presa Canário não é uma babá de quatro patas.

Com o resto dos animais de estimação, a raça não compete por esferas de influência, especialmente se esses mesmos animais de estimação forem inferiores aos cães em tamanho.

Tendo um cachorro Presa Canário, não é necessário expulsar da casa cães e gatos de outras raças. Vivendo lado a lado, eles não entram em conflito.

Outro traço distintivo da raça é uma ligeira teimosia que você só precisa aceitar.

Treinamento do Presa canário

O Presa canário é um cão onde a socialização precoce é importante.

Todo o trabalho de habituar o cachorro aos sons, cheiros e surpresas do mundo recai sobre os ombros do proprietário, bem como a responsabilidade pelo comportamento do animal. Portanto, prepare-se para fazer um trabalho sério antes de conseguir um cachorro bem-educado e imperturbável, e não um agressor explosivo que cria problemas com os outros.

Dicas importantes:

  • Não se esqueça que o cão nunca deve entrar ou sair do apartamento na frente da pessoa.
  • Não deixe o cachorro na cama e impeça o seu acesso a qualquer um dos cômodos da casa. Pois se você permitir esse comportamento, você iguala o animal a você em direitos, o que o estimula a mais desobediência.
  • Elabore comandos básicos como “Sente-se!”, “Dê um passeio!”, “Posicione!” até um proprietário novato consegue, já que a memória e a inteligência da raça são excelentes.

Importante: você pode usar o Presa canário nas modalidades esportivas, desde que o animal tenha um ano de idade. Como a maioria das raças grandes, as articulações do Presa Canário não são muito fortes, então o exercício muito cedo pode afetar negativamente sua saúde.

Manutenção e cuidados

Como os cães canários são de clima tropical, é difícil para eles tolerar o frio. Fora isso, eles são animais de estimação pouco exigentes, que precisam de uma cama separada, tigelas para comida e bebida e alguns brinquedos.

higiene do cachorro

Desenho de uma mulher secando o cachorro – Foto: Freepik

Única ressalva: leve em consideração o tamanho da raça e escolha brinquedos maiores para que o animal não tenha a oportunidade de engoli-los.

O Presa Canário não é um braquicefálico tão pronunciado como, por exemplo, o Bulldog Inglês , o que não o impede de sofrer de calor excessivo. No calor do verão, você precisa caminhar menos com seu animal de estimação, transferindo o passeio para o início da manhã e tarde da noite.

Higiene

Não é difícil cuidar da pelagem curta do Presa Canário:

  • Os cães devem tomar banho uma vez a cada 3-6 meses,
  • Duas vezes por semana deve-se passar ​​sobre a pelagem uma escova ou luva de borracha para recolher os pelos mortos e massagear a pele.

A raça é desprovida de subpelo, mas na prática costuma-se ter pelo no pescoço e nas coxas do cão.

Vale a pena reservar um tempo uma vez por semana para examinar as orelhas do seu cão. Se houver sujeira, deve-se removê-la com pano limpo umedecido.

Os olhos devem ser examinados diariamente. Além disso, mensalmente, o Presa Canário precisa encurtar suas garras, o que é mais conveniente para fazer com um cortador de garras para raças grandes.

Escovar os dentes também é um dos procedimentos obrigatórios,; assim, deve-se realizar pelo menos duas vezes por semana.

Alimentação

O leite não é permitido para “Presa Canário” adulto, pois não absorve-se pelo corpo.

Determinar qual alimento seco é adequado para o Presa Canário terá que ser selecionado usando o método de seleção; portanto, erros neste assunto são inevitáveis.

Saúde e doença do Presa Canário

A doença mais comum dos Presa Canário é a displasia das articulações do quadril e do cotovelo. Herda-se a doença dos pais, portanto, o diagnóstico precoce é uma nuance importante que não deve-se esquecer.

saúde do presa canário

Desenho de veterinários cuidando do cachorro – Foto: Freepik

Às vezes diagnóstica-se os representantes da raça com epilepsia e retinopatia multifocal, mas isso não acontece com tanta frequência como no caso da displasia.

Outra característica importante do Presa Canario é sua tendência a torção de estômago. Normalmente, a culpa é da superalimentação, assim como do não cumprimento do regime (caminhada e treinamento esportivo imediatamente após a alimentação).

Além desses pontos, os Presa Canários são criaturas bastante saudáveis ​​e fortes. Assim, com cuidado eles vivem não menos do que outras raças grandes, ou seja, até 10-12 anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por: Handreza Hayran

Fonte: (Portal do Dog)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Pênfigo em cães tem cura? Saiba mais
15/01/2021 às 13:42:49

Deliciosas receitas de inverno para cães
15/01/2021 às 13:32:36

Dietas adequadas para um cão com doença hepática
15/01/2021 às 13:30:25

A verdade sobre o uso de animais em espetáculos
06/01/2021 às 19:04:15


© Canil Garra 2021. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco