HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

VOCÊ SABIA?
5 razões pelas quais seu cão pode vomitar com bile 06/03/2017 às 21:09:46

 maioria dos casos de vômitos em cães é simples e não é preocupante. Porém, quando o vômito contém bile, um fluido amarelo-esverdeado produzido pelo fígado, o caso pode ser um pouco mais sério e é importante que o cão seja levado a um médico veterinário.

Confira a seguir as cinco razões mais comuns que podem fazer o seu cachorro vomitar bile:

1 – Síndrome do Vômito Biliar

Como já dissemos inicialmente, a bile é um fluido produzido no fígado e armazenado na vesícula biliar. Uma vez que o alimento é ingerido, ele é liberado no intestino delgado e ajuda a quebrar o alimento para que o corpo possa digerir e utilizá-lo adequadamente.

Vômito com bile pode indicar algo mais grave. (Foto: Reprodução / Pet MD)

A Síndrome do Vômito Biliar, ou Síndrome de Vômitos Biliosos, acontece quando ocorre refluxo de bile do intestino delgado para o estômago. Isso pode acontecer quando o cão passa muito tempo sem comer, quando o animal consome uma quantidade extremamente grande e fora do comum de alimentos gordurosos ou quando o cachorro bebe muita água ou come muita grama.

O vômito biliar também pode ser sintoma de uma série de condições que afetam o sistema digestivo, incluindo doença inflamatória, úlceras, infecções parasitárias e certos tipos de câncer. Para que seja tratado corretamente é essencial saber qual a causa exata do vômito biliar.

3 – Pancreatite

A ingestão de grandes quantidades de alimentos altamente gordurosos ou oleosos pode provocar inflamação do pâncreas e causar distúrbios endócrinos como pancreatite. Esses problemas podem ter como sintomas vômitos biliosos, dor de estômago intenso e diarreia.

Cães que passam muito tempo com o estômago vazio e sem se alimentar podem apresentar vômito com bile. (Foto: Reprodução / Saúde Abril)

Vômitos biliosos causados por pancreatite podem começar entre 24 e 48 horas após o consumo de alimentos gordurosos. Porém, só um médico veterinário poderá confirmar qual a causa do vômito e a melhor forma de tratar o cão.

4 – Bloqueios intestinais

Pedaços de brinquedos e de ossos (ou eles inteiros) e grandes bolas de pelo podem criar um bloqueio no intestino. Esses casos podem ser emergenciais e requerem intervenção médica imediata. Uma extrema falta de energia e dor abdominal severa pode indicar um bloqueio.

O vômito normal passa a se tornar bilioso após o estômago do cão ter sido esvaziado e cães com bloqueios intestinais podem querer ficar sem se alimentar direito.

Apenas um veterinário será capaz de saber qual a melhor forma para a remoção do bloqueio, se intervenção cirúrgica ou procedimento endoscópico.

 

Extrema falta de energia e dor abdominal severa pode indicar um bloqueio intestinal. (Foto: Reprodução / Fofoca Net)

5 – Alergias

Se o cachorro consumir algo que ele seja alérgico, ele pode vir a vomitar em grande quantidade, até que apresente bile.

Geralmente a alergia ocorre pouco depois de o animal começar a comer algum alimento novo ou diferente. Nesses casos, os tutores devem voltar a dar para o cão algum alimento que eles já estejam acostumados a comer.

Porém, também é possível que o cachorro crie alergia a algo que ele vem comendo regularmente durante anos. Mudanças de ambiente também podem desencadear alergias. Nestes casos, o médico veterinário irá indicar as melhores opções para que possam descobrir o que de fato está causando alergia no animal.

 

Em qualquer caso onde o vômito do seu cachorro apresente bile, não espere e rapidamente entre em contato com um médico veterinário para que ele diga como você deve cuidar do animal.

 

 

 

 

 

Fonte: (Portal do Dog)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
9 dicas para viajar em segurança com o pet
20/06/2018 às 21:10:25

Dicas para a criação do golden retriever
18/06/2018 às 22:24:35

O treinamento do pastor alemão, um cachorro incrível
18/06/2018 às 22:21:24

O melhor alimento para cães com osteoartrite
18/06/2018 às 22:19:00


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco