HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

VOCÊ SABIA?
6 efeitos colaterais das vacinas nos cachorros 29/04/2017 às 22:28:55

Embora seja verdade que vacinar nossos animais é necessário para evitar que fiquem doentes, por outro lado, esses remédios podem afetá-los também, mesmo que não chegue a ser algo tão grave. No artigo a seguir, vamos contar para você quais são os efeitos colaterais mais comuns das vacinas nos cachorros.

 

Vacinas para cães

As vacinas para cães são fundamentais para o cuidado da saúde dos animais de estimação. Assim, evitam doenças como a raiva, a cinomose ou a hepatite (que podem ser mortais). Às vezes, essas vacinas provocam efeitos colaterais nos bichinhos horas depois de serem aplicadas neles.

Segundo os veterinários, essas consequências estão relacionadas a uma reação comum do organismo, que está agindo contra um agente estanho que foi injetado. É bom saber que os filhotes são mais vulneráveis a sofrerem efeitos colaterais do que os adultos. Além disso, os cachorros de raças de menor porte e aqueles que foram esterilizados são mais propensos a sofrerem disso.

 

No entanto, na maioria dos casos, não deveríamos nos preocupar com esses possíveis efeitos. As vacinas foram testadas anteriormente, são completamente seguras para os cães e lhes ajudam a se imunizarem contra as doenças.

Por isso, como donos, temos a obrigação de levá-los ao veterinário para que ele as aplique neles. O especialista realizará um breve estudo do bichinho para determinar se, em função de sua saúde, sua idade ou sua situação geográfica, vale a pena a inoculação e qual é a dose correta.

Efeitos colaterais mais comuns na hora de vacinar um cachorro

É preciso saber que os cães experimentarão algum tipo de efeito depois de terem sido vacinados e que isso é normal. Os mais comuns são:

1. Sonolência

Ao saírem do veterinário, é comum que os cães se sintam cansados, tristes ou, inclusive, durmam na viagem de volta para a casa. Isso acontece porque passaram por uma situação muito estressante e precisam recuperar suas energias.

2. Apatia

Outra das consequências de se vacinar o cachorro, relacionada ao comportamento dele, é a falta de contato com o dono. O animal manterá distância como se estivesse irritado com seu dono por levá-lo a um lugar que não lhe agrada de jeito nenhum. As mudanças de humor e, inclusive, a agressividade, também são esperadas nesses casos.

3. Inflamação

É o efeito colateral mais comum das vacinas. Na zona onde foi aplicada a injeção, fica um inchaço na forma de um caroço. Se o cão tem pelagem clara, talvez dê para notar uma vermelhidão. Isso acontece porque o líquido aplicado ainda não se espalhou pelo corpo. Com o passar das horas, ele voltará ao seu estado normal. Além disso, pode ter sido causado por alguma alergia ou reação às agulhas ou ao álcool que foi usado para desinfetar a área de aplicação da vacina.

4. Transtornos gastrointestinais

Algumas vacinas causam dor de estômago, diarreia ou vômitos nos cachorros. É provável que seu animal de estimação não queira comer e fique deitado sobre um dos lados para não pressionar o abdômen. Se ele for apalpado, ele pode apresentar distensão abdominal (como inchaço).

5. Doenças Respiratórias

A tosse, os espirros e a secreção nasal são frequentes, se ele receber uma vacina pelo focinho. Talvez, ele apresente alguma febre ou experimente um estado geral de gripe que o leve a dormir por muitas horas seguidas, ou não querer comer nem se mover.

6. Choque anafilático

É o efeito colateral das vacinas mais grave de todos e devemos ter muito cuidado com ele. Aparece poucos minutos ou horas após a injeção e é caracterizado pelo inchaço do focinho e da garganta, que lhe impedem de respirar bem; o pulso dele fica mais fraco, a pele fica avermelhada, aparecem vômitos, diarreia, etc.; é uma reação do organismo, o qual se defende atacando a si mesmo e destruindo os glóbulos vermelhos. Não é preciso se preocupar, porque é muito rara.

De qualquer forma, um animal de estimação que foi recentemente vacinado deve ser monitorado nas horas posteriores à injeção.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: (Meus Animais)

  1.  





ÚLTIMAS NOTÍCIAS
8 animais que vivem em rios
18/08/2018 às 20:54:56

Infecção do trato urinário em cães: causas e tratamento
18/08/2018 às 20:51:55

Tempo seco afeta a saúde dos gatos e também dos cães. Saiba o que fazer
18/08/2018 às 20:26:09

Esquilo cinzento: conheça todas as suas características
14/08/2018 às 23:16:47


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco