HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

CURIOSIDADES
Quando devo visitar o veterinário? 19/04/2018 às 23:38:05

Para manter a saúde de nossos amigos peludos, devemos saber quais são os prazos ou os sintomas a reconhecer para que a vida do nosso pet não corra perigo e seja a mais agradável possível.

Muitas pessoas não sabem quando devem visitar o veterinário e nem a importância disso. As consultas são vitais para a saúde dos nossos amigos caninos e nos permitirão estabelecer um acompanhamento importante para o seu bem-estar.

Devo visitar o veterinário se meu animal estiver saudável?

Alguns proprietários acreditam que não é necessário visitar o veterinário se os seus animais de estimação não apresentam sinais de doença; no entanto, essa visita é fundamental. Como é lógico, sempre que adotamos ou adquirimos um novo animal de estimação, devemos visitar o veterinário para estabelecer um plano de saúde de acordo com a espécie e a idade do pet, verificar se as vacinas estão em ordem e desparasitá-los.

Isso depende em grande parte de nosso ritmo de vida e de nosso animal de estimação, além de suas espécies e outras variáveis. Depois, a atitude mais recomendável é levar o seu animal de estimação uma vez por ano ao veterinário, porque algumas doenças podem ser prevenidas com vacinas obrigatórias que devem ser renovadas de tempos em tempos.

Além disso, é sempre recomendável que o especialista verifique o estado de saúde de seu pet para evitar emergências. Assim, devemos ter um cuidado especial em áreas onde há doenças endêmicas, como a leishmaniose canina.

 
Husky siberiano no veterinário

 

Como é lógico, sempre que adotamos ou adquirimos um novo animal de estimação, devemos visitar o veterinário para estabelecer um plano de saúde de acordo com a espécie e a idade dele, verificar se as vacinas estão em ordem e desparasitá-los.

Como saber se meu animal de estimação está doente?

Descobrir que o nosso animal de estimação tem alguma doença pode ser complicado, especialmente se forem processos subclínicos que não apresentam uma grande sintomatologia. É por isso que, ante a menor suspeita, é necessário levar o seu animal para uma consulta.

 

No entanto, nós temos uma vantagem, que é o fato de conhecermos os nossos animais de estimação muito bem. Isso ocorre porque os proprietários são especialmente sensíveis às mudanças no comportamento ou na aparência de seus animais de estimação, pois pode ser que o nosso cão passe a comer menos ou que percebamos um estado diferenciado da plumagem de nossos papagaios ou de nossas aves.

Pastor alemão no veterinário

 

É de vital importância não fazer diagnósticos por si mesmo; pode ser interessante tentar aprender, para fins informativos, já que os diagnósticos e os tratamentos de nosso animal de estimação devem ser feitos por uma pessoa com formação e treinada no assunto, neste caso o veterinário. Isso nos impedirá de fazer tratamentos caseiros que não funcionem ou que possam prejudicar a saúde de nosso pet.

Mudanças no nosso animal de estimação

Existem alguns sinais que podem nos alertar para uma mudança no estado de saúde do nosso animal de estimação. Em relação ao comportamento, apatia, sonolência, falta de apetite ou sintomas de dor devem chamar nossa atenção.

Devemos destacar que tudo depende da espécie: por exemplo, o coelho dificilmente apresenta sinais de doença até que ela esteja muito grave.  Portanto, devemos levar em conta que as visitas de rotina são de vital importância para essas espécies.

Qualquer alteração na aparência do animal deve fazer com que entremos em alerta: perda de peso, inchaço ou irritações da pele, alterações na boca ou nos olhos podem parecer sem importância; no entanto, é aconselhável que, se suspeitarmos de uma patologia, façamos uma visita ao veterinário.

Alterações no apetite e na sede, ou na frequência com que o animal defeca ou urina, como é o caso da poliúria, também são muito importantes; e o dono é sempre a melhor pessoa para avaliar tudo isso. Estar ciente desses sintomas irá garantir a saúde do nosso animal de estimação e tornar as visitas ao veterinário mais eficazes. Afinal, como diz o ditado, é melhor prevenir do que remediar.

É de vital importância não fazer diagnósticos por conta própria; pode ser interessante tentar aprender, mas, para fins informativos, já que os diagnósticos e tratamentos do nosso animal de estimação devem ser feitos por uma pessoa com formação e treinada no assunto, neste caso o veterinário.

 

 

 

Fonte: (Meus Animais)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Linda cadelinha faz hidratação da pelagem na Clinvet
14/05/2018 às 21:54:27

Você sabia? Ter um cão em casa pode deixar seu coração mais saudável
04/05/2018 às 20:52:33

4º Encontro dos Apaixonados por Cães de Monlevade será em maio
24/04/2018 às 23:22:09

Zipper Multi Empresa fechou com o 4º Encontro dos Apaixonados por Cães
20/04/2018 às 10:38:25


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco