HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    cachorro_mexendo_rabo_1

VOCÊ VIU?
Cão espera mais de um mês na calçada após sua família se mudar e abandoná-lo 28/10/2016 às 11:22:45

Além de um monte de lixo na calçada, quando uma certa família se mudou de sua casa em Detroit, ela deixou também Boo, o seu cão de estimação.

O pobre cão não sabia que a família não voltaria e que ele tinha sido abandonado, então, fiel como sempre foi, ele seguiu esperando ali, deitado no colchão velho que seus tutores tinham deixado como lixo na calçada, juntamente com o animal.

Boo foi deixado na calçada juntamente com o lixo que seus tutores não queriam mais quando se mudaram. (Foto: Reprodução / Detroit Youth and Dog Rescue)

Boo foi deixado na calçada juntamente com o lixo que seus tutores não queriam mais quando se mudaram. (Foto: Reprodução / Detroit Youth and Dog Rescue)

Um mês já tinha se passado, e o cão seguia no mesmo lugar, sem desistir de esperar. Ele estava sendo alimentado e recebia água de um vizinho, que ficou tocado com o animal abandonado que amava sua ex-família ao ponto de aguardar seu retorno por tanto tempo.

Até que o fundador da organização Detroit Youth and Dog Rescue, Mike Diesel, recebeu um telefonema contando sobre a situação de Boo e logo correu para ajudar o cão.

Mike encontrou o animal deitado no colchão, em sua eterna e fiel espera pela família que o abandonou junto com o lixo.

O cão ficou esperando no mesmo local por mais de um mês. (Foto: Reprodução / Detroit Youth and Dog Rescue)

O cão ficou esperando no mesmo local por mais de um mês. (Foto: Reprodução / Detroit Youth and Dog Rescue)

O complicado no resgate de Boo foi fazê-lo aceitar que sua família não voltaria mais. Porém, mais difícil ainda foi fazer o cão acreditar em humanos novamente e acompanhar Mike.

No primeiro dia de tentativa de resgate, Mike passou cerca de 11 horas com Boo, na maior parte do tempo apenas fazendo companhia ao animal e tentando fazer com que ele respondesse aos seus chamados, sem sucesso.

O resgate de Boo não foi fácil e Mike precisou da ajuda de petiscos para ganhar a atenção do cão. (Foto: Reprodução / Detroit Youth and Dog Rescue)

O resgate de Boo não foi fácil e Mike precisou da ajuda de petiscos para ganhar a atenção do cão. (Foto: Reprodução / Detroit Youth and Dog Rescue)

Na segunda tentativa, já no dia seguinte, Mike levou alguns petiscos para Boo e assim conseguiu colocar uma coleira no animal. Mike andou com o cão e depois sentou com ele por um tempo, tentando ganhar a confiança de Boo.

Até que finalmente o cão aceitou ser pego no colo e colocado no automóvel de Mike. De acordo com Mike, ele conversou bastante com Boo, para tentar fazê-lo entender o que estava acontecendo e que ele estava ali apenas para ajudar o cão.

Após o resgate foi possível perceber o quanto Boo continuava sendo um cão amoroso e gentil. (Foto: Reprodução / Detroit Youth and Dog Rescue)

Após o resgate foi possível perceber o quanto Boo continuava sendo um cão amoroso e gentil. (Foto: Reprodução / Detroit Youth and Dog Rescue)

Mike levou imediatamente Boo para um veterinário, onde foi confirmado que ele estava com uma doença conhecida como verme do coração. O cão já começou a receber tratamento no mesmo dia.

Após o resgate também foi possível perceber o quanto Boo é um cão amoroso, gentil e como ele se dá bem com os outros animais.

Boo também se dá bem com outros cães e agora segue esperando por uma família que queira amá-lo para sempre. (Foto: Reprodução / Detroit Youth and Dog Rescue)

Boo também se dá bem com outros cães e agora segue esperando por uma família que queira amá-lo para sempre. (Foto: Reprodução / Detroit Youth and Dog Rescue)

Agora, tudo o que Boo precisa para restaurar seu coração partido e esquecer o que passou é de uma família amorosa como ele e que queira amá-lo para sempre, pois nenhum cão merece ser abandonado na calçada de casa como lixo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: (Portal do Dog)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Quatro raças de raposa que você deve conhecer
15/06/2018 às 22:14:23

A raposa é perigosa: verdade ou mito?
15/06/2018 às 22:12:22

CCZ de São Paulo cria site para divulgar animais que estão há tempos em fila de adoção
15/06/2018 às 22:10:35

Você conhece a peritonite? Saiba como a doença afeta os gatos
14/06/2018 às 21:15:34


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco