HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

RAÇAS
As características do cão da raça Rottweiler 05/07/2017 às 19:28:28

Talvez você fique impressionado com o dado relacionado a essa raça de cachorros, que junto com o Mastim é a raça com a mordida mais poderosa, o que, para a legislação de alguns países, é considerado como um cão potencialmente perigoso. A isso podemos acrescentar uma fisionomia que, sem dúvida, impõe respeito. O conjunto pode parecer assustador, no entanto, se for adequadamente adestrado e socializado, o Rottweiler é um bichinho leal e carinhoso.

 

Um cão com antepassados romanos

A origem dessa raça data da época do Império Romano. Naquele tempo, seus antepassados eram usados para proteção, mas também para conduzir as cabeças de gado.

Mas, quando os romanos chegaram à região da atual Alemanha, conhecida como Rotweill, o cruzamento com cães nativos dessa área resultou no chamado “cão carniceiro de Rotweill”. O nome se deve ao fato de que os animais eram empregados para ajudar durante o trabalho de retalhar a carne fresca.

Além disso, por causa da sua bravura, ele também era utilizado para a proteção de propriedades. Mas, com o passar do tempo, foram sendo conhecidas outras virtudes desses animais e assim se tornaram mais populares.

Conheça as características do Rottweiler, um cão que impõe respeito por conta de seu aspecto poderoso, mas que, bem adestrado e socializado, é um bichinho carinhoso como todos os outros.

 

Uma raça de aspecto poderoso

O Rottweiler é um animal forte, robusto e atlético, variando de porte mediano a grande, talvez o que mais dê destaque a ele seja a sua cabeça larga — mas que não é desproporcional — e a sua poderosa mandíbula, com uma mordida afiada como uma tesoura.

Outras características físicas que devem ser mencionadas são:

  • Altura da pata até o pescoço: 61 a 68 centímetros (machos) e 56 a 63 centímetros (fêmeas).
  • Peso aproximado: 50 quilogramas (machos) e 42 quilogramas (fêmeas).
  • Expectativa de vida: 12 anos.
  • Olhos de tamanho mediano e coloração café escuro, que lhe dão uma expressão que passa segurança.
  • Orelhas triangulares, caídas e viradas para a frente. Por estarem bem presas a sua cabeça, lhe proporcionam uma aparência ainda mais larga.

Conheça a personalidade a as habilidades do Rottweiler

Obedientes, atentos, valentes, calmos e leais com os seus, são apenas alguns dos adjetivos que descrevem a forma de ser desses belos bichinhos. Mas se existe alguma coisa que também coloca em destaque os Rottweiler é a sua versatilidade e inteligência.

A flexibilidade e estabilidade emocional que possuem possibilita que se adequem a diferentes atividades. Além disso, aprendem facilmente. Por isso, além de muitos o escolherem para a proteção da família e da propriedade, são adestrados como cães de:

  • Polícia
  • Terapia
  • Assistência
  • Busca e resgate

Além disso, eles se destacam em esportes caninos e em aptidão para obediência.

A importância da socialização do Rottweiler

No entanto, um cão desse tamanho e personalidade deve ser socializado de maneira adequada desde filhote. Isso porque, embora se mostre muito carinhoso e protetor com os seus, pode não se comportar assim com outros animais e com pessoas desconhecidas.

Assim, se você quer ter um bichinho dessa raça, deve ter bem claro na sua cabeça desde o início quem é que manda e quais são as regras de convivênciada casa.

De qualquer forma, sempre é bom lembrar que, embora em muitos países ele seja considerado um cão potencialmente perigoso, essa categorização é arbitrária.

Na verdade, não existem animais que podem ser definidos dessa maneira, com exceção dos que já tenham sido maltratados ou adestrados de forma irresponsável e com o objetivo de estimular a sua agressividade.

Cuidados que exige a raça

Se você escolher ter um Rottweiler, considere que os gastos com alimentação, ida ao veterinário e acessórios podem ser altos, devido à compleição física dele. E leve em consideração se você conseguirá lidar com um cão tão robusto e poderoso na hora dos passeios, das brincadeiras e em outras questões.

Mas fora isso, é um cachorro fácil de cuidar no que se refere à higiene e que não apresenta grandes problemas de saúde. Mas, como tem tendência a engordar, é importante que lhe dê alimentos indicados pelo veterinário, respeitando as quantidades definidas.

O exercício físico é fundamental para esse bichinho tão ativo. O ideal é que você conte com um pátio ou jardim para que ele se divirta lá boa parte do tempo. Mas se você não tiver como lhe proporcionar isso, leve-o para lugares onde ele se divirta, para praticar algum esporte.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: (Meus Animais)
 
 





ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Existe o cão-lobo?
06/12/2017 às 17:17:06

Quais doenças podemos transmitir para os cães
05/12/2017 às 21:24:22

Saluki, o cão real do Egito
29/11/2017 às 22:22:21

O que é um cão potencialmente perigoso?
29/11/2017 às 22:10:18


© Canil Garra 2017. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco